Confira informações atualizadas sobre Certificado de aprovação de EPI!

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Que tal ouvir esse artigo? Experimente no player abaixo:

 

Certificado de Aprovação de EPI: como as mudanças recentes na legislação impactam a Segurança do Trabalho na sua empresa? Se você não está familiarizado com o conceito do Certificado de Aprovação, sua importância e validade legal, veio ao lugar certo.

No artigo de hoje, vamos falar sobre o status desse documento, as importantes Medidas Provisórias passadas pelo governo no período e o que fazer para se ajustar às exigências legais. Confira!

O que é o Certificado de aprovação?

Antes de começarmos a falar sobre a relevância — e o status legal — do Certificado de Aprovação precisamos explicar melhor o que é esse documento. Segundo a NR6, ou Norma Regulamentadora 6, todo EPI de fabricação nacional ou importado só pode ser vendido e usado nas empresas se tiver um Certificado de Aprovação.

Esse documento é uma garantia dada pelo Ministério do Trabalho que certifica que determinado produto cumpre com as exigências do mercado e é de qualidade. Um EPI com Certificado de Aprovação, portanto, é a garantia de que a sua empresa leva Segurança do Trabalho a sério.

Para obter um Certificado de Aprovação as empresas que fabricam EPI devem trabalhar duro para comprovar para o Ministério do Trabalho a eficácia dos produtos. Por meio de testes laboratoriais e em acordo com as normas brasileiras de saúde e segurança, o governo averigua a procedência de um EPI e emite um documento para atestar a qualidade do equipamento.

O processo de certificação envolve, além de testes, uma documentação que é enviada pela empresa fabricante do EPI para a Animaseg — a Associação Nacional da Indústria de Material de Segurança e Proteção do Trabalho.

Quando um produto não passa nos testes ou apresenta documentação inconsistente ele deve ser revisado, até que consiga obter o Certificado de Aprovação e possa ir para as prateleiras da revenda de EPI.

No momento em que o cliente adquire um produto com Certificado de Aprovação ele está coberto por garantias e tem em mãos todos os dados de que precisa para exercê-las, como o nome do fabricante, o lote do equipamento de proteção individual, o número do CA e o lote de fabricação ou do importador, caso se aplique.

O Certificado de Aprovação é um documento com prazo de validade e, quando ele expira, a empresa fabricante deve solicitar um novo.

Por que o Certificado de Aprovação é importante?

O Certificado de Aprovação não é um documento importante apenas durante a compra do EPI. 

Comprovação em relação aos equipamentos utilizados pela sua empresa pode ser exigida pelo Ministério do Trabalho em fiscalizações e auditorias, e cabe ao técnico de Segurança ter em mãos o arquivo — mesmo que online — do CA.

Quem não tem Certificado de Aprovação nos EPIs que utiliza pode ser punido por descumprimento da NR6.

O que é a MP 905?

As regras para emissão e fiscalização do Certificado de Aprovação que mencionamos até aqui, porém, sofreram uma alteração com a Medida Provisória 905/2019.

O documento, responsável pela instituição da Carteira de Trabalho Verde e Amarela foi revogado pelo Governo a pedido do Senado. Seu texto, todavia, impactava drasticamente o setor de EPI, eliminando completamente a necessidade do Certificado de Aprovação.

Esse trecho da nova Lei foi particularmente polêmico, colocando especialistas no assunto em lados opostos do debate.

Foi necessária uma negociação entre governo e Animaseg para que o documento fosse revisado. Afinal, após a sua promulgação, os EPIs com Certificado de Aprovação vencidos podiam ser comercializados, mas hoje seriam barrados em uma fiscalização.

O que é registro Animaseg?

Durante o período em que a MP 905/2019 valeu, a Animaseg criou um dispositivo para ajudar os técnicos de Segurança do Trabalho a escolherem bem os seus equipamentos de proteção individual. O Registro Animaseg foi uma ferramenta para concentrar informações sobre EPIs e, segundo a organização, continuará existindo independentemente da volta do Certificado de Aprovação.

Como isso impacta a minha empresa?

Caso a sua empresa tenha sido uma das impactadas — e adquirido equipamento de proteção individual sem Certificado de Aprovação ou com Certificado de Aprovação vencido no período — ela deve estar atenta para a fiscalização.

Embora todas as empresas tenham obedecido o exigido pela Medida provisória na época, agora que o Certificado de Aprovação voltou a valer, esses equipamentos terão de ter CAs emitidos pelos fabricantes.

Para facilitar o processo, a Secretaria do Trabalho elaborou duas atualizações às portarias SIT nº 451, 452 e 453 a fim de que os Certificados de Aprovação possam ser gerados automaticamente pelo sistema, ao contrário do que é feito hoje.

Continuam, portanto, válidas todas as regras em relação ao Certificado de Aprovação dispostas na Norma Regulamentadora 6, inclusive a validade do documento. Se você tem EPIs sem Certificação adquiridos no período, porém, fique tranquilo.

Fale com o seu fornecedor de EPI e verifique como a sua situação será impactada pelas medidas no curto e médio prazo, e continue atento às atualizações do Governo, que ainda pretende reeditar a MP no futuro após debate no Senado e mudanças pontuais.

O Certificado de Aprovação é um documento que traz segurança para a sua empresa, garantindo que ela está fazendo o melhor para preservar a integridade dos colaboradores. Mantenha os Certificados de Aprovação de EPIs atualizados, disponha desses documentos em uma pasta ou diretório acessível e não seja pego de surpresa pelas fiscalizações, que voltam a cobrar o documento como faziam antes da promulgação da Medida Provisória 905/2019.

O Certificado de Aprovação de EPI é um documento essencial para garantir que o seu equipamento de proteção individual segue as regras estabelecidas pelo governo e pode realmente proteger o seu colaborador. Mas, mais que isso, ele também é evidência de que a sua empresa tomou todas as ações cabíveis caso um acidente de trabalho precise ser reportado ao Ministério do Trabalho.

Gostou de conhecer mais sobre o assunto? Conseguiu tirar todas as suas dúvidas sobre o Certificado de Aprovação de EPI, sua validade e como esse documento é importante para a Segurança do Trabalho? Curta a página da Volk do Brasil no Facebook e continue acompanhando as nossas atualizações!

Inscreva-se em nossa Newsletter

Cadastre-se para receber notícias sobre Segurança e Saúde no Trabalho.
É GRÁTIS!

Mais Posts