Imagem: Logo Volk do Brasil
Banner: Baixe grátis o Guia de Luvas de Segurança - Aprofunde seu conhecimento sobre o vasto mundo das luvas de segurança. Banner: Baixe grátis o Guia de Luvas de Segurança - Aprofunde seu conhecimento sobre o vasto mundo das luvas de segurança.
Publicado em 25/07/2018

Atribuições do técnico de segurança: quais são as suas funções? Descubra!


O técnico de segurança do trabalho é um profissional imprescindível para qualquer empresa ou órgão público. Somente esse profissional é capaz de garantir que todas as atividades sejam executadas com segurança, minimizando as insalubridades. Ele cumpre o papel de fiscalizar, analisar os riscos e propor melhorias significativas tanto estruturais quanto de processos.

Quer conhecer mais sobre essa função? Então, continue a leitura deste artigo e conheça o perfil e as atribuições do técnico de segurança.

Qual é o perfil do profissional de segurança do trabalho?

Esse profissional precisa, sobretudo, saber como exercer suas atividades. Aplicar soluções por meio de análises de risco e tratar de forma preventiva todas as possibilidades de acidente ou doenças ocupacionais.

Para garantir que essa rotina seja desempenhada com qualidade, quem ocupa esse cargo precisa ter as seguintes características:

  • ser um bom observador;
  • ter pontualidade;
  • ser responsável com as suas atividades;
  • saber se expressar.

Quais são as atribuições do técnico de segurança do trabalho?

Conforme publicado pela Portaria nº 3.275 de 21 de setembro de 1989 do Ministério do Trabalho, podemos relacionar 18 atribuições:

  1. Informar e propor soluções ao empregador sobre os riscos existentes.
  2. Também deixar os funcionários cientes dos riscos e das medidas que serão tomadas para solucionar.
  3. Analisar os métodos do trabalho e identificar os riscos de doenças ocupacionais, acidentes de trabalho ou agentes ambientais agressivos e propor medidas de eliminação ou controle.
  4. Executar procedimentos de segurança e higiene, acompanhar os resultados e adequar estratégias prevencionistas.
  5. Também realizar programas de prevenção a possíveis riscos, acompanhar os resultados e sugerir atualizações nestes procedimentos.
  6. Promover eventos de discussão didáticos para evitar os possíveis acidentes e doenças ocupacionais.
  7. Organizar períodos de reforma ou construções com procedimentos padrão de segurança e higiene a serem seguidos por todos que estiverem transitando no local.
  8. Encaminhar para todos os setores as análises, normas e demais dados para o autodesenvolvimento dos trabalhadores.
  9. Solicitar e inspecionar equipamentos de proteção contra incêndio e demais recursos indispensáveis e didáticos. Levar em consideração os requisitos da legislação vigente e o seu desempenho.
  10. Estimular e cooperar com atividades de preservação ao meio ambiente, como a destinação de resíduos.
  11. Orientar empresas contratadas sobre os procedimentos de segurança a serem seguidos na empresa durante a execução das atividades.
  12. Usar de métodos científicos para executar as atividades relacionadas a segurança e higiene do trabalho.
  13. Fazer um levantamento estatístico sobre os casos de acidentes ou doenças ocupacionais, avaliando a periodicidade desses eventos, propondo ajustes para estimular a prevenção.
  14. Relacionar-se com os Recursos Humanos, fornecendo análises precisas para que sejam adotadas medidas de prevenção em nível de pessoal.
  15. Informar a todos sobre as atividades insalubres, perigosas e penosas bem como seus riscos e as medidas e alternativas para neutralizar ou eliminá-las.
  16. Avaliar as condições ambientais de trabalho e emitir parecer técnico para o planejamento do trabalho de forma segura para o trabalhador.
  17. Relacionar-se com órgãos e entidades ligados à prevenção de acidentes ou doenças e do trabalho.
  18. Participar de eventos de atualização e aperfeiçoamento profissional.

Como ser um bom técnico de segurança do trabalho?

Mais do que conhecer e praticar suas atribuições, o técnico precisa de habilidades interpessoais. A função desse profissional requer, em muitas situações, advertir e orientar colaboradores e empregadores. Por esse motivo, é essencial ter um bom relacionamento com os colegas, para que se tenha a melhor atuação.

Outra característica fundamental é a constante atualização na área. O estudo contínuo sobre as melhores alternativas para segurança e bem-estar proporciona mais segurança para exercer a função. Além de permitir que as medidas sejam cada vez mais eficientes.

Ao longo deste artigo, foi possível compreender a importância do técnico de segurança em qualquer estabelecimento. Suas funções, além de garantirem qualidade de vida para os colaboradores, previnem o empregador de uma série de prejuízos possíveis.

Agora que você já conhece as atribuições do técnico de segurança, não pare por aí! Assine a nossa newsletter e aprenda muito mais sobre essa área!


Últimos posts




Comentários