Imagem: Logo Volk do Brasil
Banner: Baixe grátis o Guia de Luvas de Segurança - Aprofunde seu conhecimento sobre o vasto mundo das luvas de segurança. Banner: Baixe grátis o Guia de Luvas de Segurança - Aprofunde seu conhecimento sobre o vasto mundo das luvas de segurança.
Publicado em 21/10/2016

O que é SIPAT? Entenda mais sobre o assunto


Oferecer a segurança no ambiente de trabalho é uma obrigação da empresa com seus funcionários e é um direito por lei do trabalhador. Dentre os diversos meios de garantir a segurança e a saúde ocupacional, a SIPAT pode ser destacada como uma das mais importantes em termos de conscientização, prevenção e redução de acidentes.

Mas, afinal, o que significa essa sigla que é tão encontrada nas empresas, como funciona e para o que serve? Ao longo deste artigo, você entenderá melhor sobre o tema e também aprenderá como organizar uma SIPAT, analisando as principais etapas da organização. Boa leitura!

O que é SIPAT?

A SIPAT é a Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho, que tem como objetivo a conscientização dos funcionários quanto à prevenção de acidentes, saúde e segurança no local de trabalho por meio de atividades motivadoras e explicativas.

É um evento realizado anualmente em parceria com o SESMT (Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho) e segue as normas definidas pela CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes). Todas as organizações e instituições que têm em seu quadro de funcionários pessoas dependentes de um salário devem realizar a SIPAT, obrigatoriamente, mesmo que os riscos não sejam consideravelmente altos.

Durante essa semana, são realizadas atividades voltadas para as necessidades de segurança encontradas pela organização. É fundamental que existam palestras que abordem os temas mais críticos e relevantes para a garantia da saúde e segurança do trabalhador, como o combate ao alcoolismo, prevenção de incêndios ou uso correto de EPI (Equipamento de Proteção Individual), por exemplo.

Qual a legislação referente à SIPAT?

A legislação não define o número mínimo de trabalhadores na empresa para que seja obrigatória a realização e nem um número mínimo de participantes para que ocorra a SIPAT. A empresa deve fazer uma divulgação da semana e motivar os colaboradores a participarem para conseguir um número representativo de profissionais e atingir o objetivo.

Segundo a Portaria N° 3.214, NR 5, item 5.16 letra “O”, é dever da CIPA “Promover, anualmente, em conjunto com o Serviço Especializado em Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT) onde houver, a Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho (SIPAT)”.

Como conduzir a SIPAT?

Como não existe nenhum tema obrigatório a ser tratado durante a SIPAT e nem em qual semana deve ser realizada, fica a cargo da empresa definir qual será a abordagem, a data e quais atividades serão praticadas.

Para obter resultados significativos, a empresa deve encontrar temas que ajudam a combater problemas comportamentais e de procedimentos mal realizados pelos seus trabalhadores. É interessante conversar com os funcionários da empresa, gestores de área e com os profissionais do setor de treinamento para conseguir levantar assuntos relevantes para a realização da SIPAT.

Como organizar a SIPAT?

Existem algumas questões relevantes sobre o planejamento da SIPAT que precisam ser levadas em consideração. De início é necessário estabelecer a equipe que será responsável pela sua organização, escolher o membro coordenador, a data da realização, quais serão os profissionais que vão preparar e realizar as atividades para a Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho, quais serão as dinâmicas, o que será usado como incentivo, entre outras ações.

Para ter uma ideia melhor sobre como funciona a organização de uma SIPAT, separamos os processos por partes. Acompanhe!

Estabeleça quem é o público-alvo

Todos os funcionários, diretos e terceirizados, podem participar desta semana. Faça um levantamento da quantidade de colaboradores que estarão presentes e comece a planejar as atividades segundo o número de participantes e suas funções. Lembre-se de integrar toda a equipe na programação.

Escolha o tema

Com seu público em mente, agora é o momento de pensar em formas de prevenção de acidentes. Não esqueça que o assunto é amplo, mas as abordagens de cada setor devem fluir e seguir a mesma sintonia. Para escolher o tema de forma mais prática, pense nos principais problemas apontados pelos seus próprios colaboradores em relação à segurança do trabalho.

Com o tema definido, escolha o slogan para evento e comece a levantar o que será preciso comprar ou fazer para tirar o evento do papel.

Cuide dos orçamentos

A ajuda de um patrocínio pode ser excelente para realizar uma SIPAT, mas com ou sem esse auxílio você precisa definir o seu orçamento. Em uma planilha, coloque todos os tipos de despesas: material de divulgação, animações, brindes, alimentação etc., os valores unitários, a quantidade de cada peça e o valor total. Não abuse! Somente acrescente gastos que serão importantes para o evento.

Caso consiga patrocinadores, não esqueça de inseri-los visualmente nos materiais de divulgação.

Escolha as atividades

Tenha sempre em mente que a SIPAT deve ter como foco a prevenção de acidentes de trabalho. Por essa razão, o diálogo entre todos os setores sobre possíveis problemas é fundamental, e as questões levantadas por eles devem ser abordadas.

As ações que deverão ser trabalhadas podem variar muito e, ainda, ser diferente de empresa para empresa. Leve em conta, também, a quantidade de funcionários e o orçamento disponível.

Para locais com orçamentos mais amplos, uma boa dica é abrir o evento com uma peça de teatro educativa e divertida sobre segurança do trabalho. Para instituições com uma verba menor, vídeos instrutivos sobre o tema também são bem aceitos e podem impactar a equipe.

É interessante que os representantes da empresa falem sobre a importância da SIPAT, seu real objetivo, entre outros assuntos.

Realizar um show de calouros anima e incentiva a integração entre os colaboradores. Se possível, ofereça um prêmio para a melhor apresentação.

Quando chegar o momento de falar sério sobre o assunto, invista em palestras bem explicativas, que respondam as dúvidas dos seus funcionários. Quebre o gelo disponibilizando brindes para os que mais participarem da conferência.

Entre as atividades, fazer gincanas pode ser uma boa forma de testar os conhecimentos dos trabalhadores. Envolva os equipamentos de proteção, faça brincadeiras para que eles descubram quais tipos de trabalhos podem ser realizados com cada peça e em qual momento.

Para fechar a SIPAT com chave de ouro, premie os funcionários que mais se envolveram com a integração e reforce os motivos que os levaram a realizar essa semana tão importante.

Realize a SIPAT em parceria com a CIPA

Com toda a programação redondinha, é hora de colocar a mão na massa e realizar a SIPAT. Lembre-se que é fundamental que a CIPA registre em ata todas as reuniões realizadas sobre o evento, assim como a listagem das palestras, as atividades feitas e os participantes da semana. Essa ata é um documento que comprovará que a empresa atua conforme a lei.

Conseguiu entender o que é SIPAT, qual a sua importância para a empresa e como organizar a sua? Você já realizou algum evento como esse na sua companhia? Então comente abaixo como foi e aproveite para deixar dicas sobre o seu planejamento. 


Últimos posts




Comentários