Imagem: Logo Volk do Brasil
Banner: Baixe grátis o Guia de Luvas de Segurança - Aprofunde seu conhecimento sobre o vasto mundo das luvas de segurança. Banner: Baixe grátis o Guia de Luvas de Segurança - Aprofunde seu conhecimento sobre o vasto mundo das luvas de segurança.
Publicado em 11/01/2017

Plano de segurança no trabalho: 6 dicas para elaborar em 2017


De acordo com a lei 6.367/76, acidente de trabalho é o que ocorre quando o colaborador está sob exercício do trabalho a serviço da empresa, provocando lesão corporal ou perturbação funcional que cause a morte, perda ou redução, permanente ou temporária, da capacidade para o trabalho.

Todo trabalhador está sujeito a sofrer acidentes no exercício de suas atividades. Para evitar esses incidentes em sua empresa, ter um plano de segurança no trabalho cuidadosamente elaborado é fundamental. Aproveite as nossas 6 dicas para aplicar no ano de 2017!

1. Invista em equipamentos de segurança

Os EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) e os EPCs (Equipamentos de Proteção Coletiva) são requisitos básicos previstos na lei para que o trabalhador possa exercer suas atividades em segurança. Procure saber quais são os equipamentos necessários no ramo da sua empresa e invista neles.

Com os EPIs em posse dos colaboradores, eles são obrigados a utilizá-los. Para que isso ocorra da melhor forma possível, nossa próxima dica é indispensável.

2. Promova treinamentos regulares

Oriente os funcionários a respeito do uso correto e da importância dos EPIs e EPCs para a segurança de todos. Conscientize também sobre atitudes prudentes que devem ser praticadas no cotidiano de trabalho para evitar acidentes.

Treinamentos de incêndio e de primeiros socorros também são essenciais, já que eles colaboram para minimizar ou até mesmo evitar possíveis danos.

3. Mapeie os riscos

Faça o mapeamento de riscos da empresa, identifique as limitações, as fraquezas, as falhas nos processos, nos equipamentos e os pontos que precisam de melhoria. Leve em consideração a opinião e a sugestão dos funcionários. Para isso, faça uma pesquisa interna.

Após a identificação dos riscos, implemente um plano de ação para minimizar ou eliminar essas falhas que comprometem a segurança dos trabalhadores.

4. Realize manutenções periódicas

Realizar a manutenção regular de máquinas e equipamentos ajuda na identificação antecipada de possíveis problemas, permitindo,  assim, a correção desses erros antes que um acidente ocorra de fato.

5. Mantenha o ambiente em ordem

Tropeçar em algo deixado no chão, deixar de ver alguma sinalização importante porque a placa estava escondida, ou até mesmo tomar um caminho alternativo quando uma área está obstruída são atitudes que podem levar a um acidente, mas que podem facilmente ser evitadas com um ambiente de trabalho organizado.

Exigir que os colaboradores mantenham o ambiente de trabalho limpo e em ordem pode até parecer bobagem, mas pode evitar muitos acidentes. Oriente para que as áreas de passagem estejam livres, o chão sempre limpo etc.

6. Documente cada incidente

Não cometa os mesmos erros, tire uma lição de cada acidente que já ocorreu na empresa. Documente os incidentes, escreva relatórios detalhando o ocorrido, quem estava envolvido, como poderia ter sido evitado e recomendações de procedimentos adicionais.

Por fim, esteja por dentro do que está acontece na sua empresa. Se não for possível estar sempre presente, escolha um colaborador para certificar que o plano de segurança no trabalho está sendo executado adequadamente, deixando todos na organização mais protegidos.

Fique sempre atualizado com nossas dicas, curta nossa página no Facebook e tenha sempre um ambiente de trabalho seguro!


Últimos posts




Comentários