Imagem: Logo Volk do Brasil
Publicado em 11/05/2020

Saiba como ser um engenheiro de segurança no trabalho de sucesso


engenheiro de segurança no trabalho

O engenheiro de Segurança no Trabalho é um profissional muito importante para pequenas, médias e grandes empresas. É ele o responsável por garantir a segurança e proteção de todos os colaboradores no contexto laboral, sendo imprescindível contar com pelo menos um desses profissionais em todas as organizações.

Entre as tarefas que ele realiza estão as avaliações ambientais, as verificações das condições de segurança no local, a elaboração de laudos de insalubridade e periculosidade, além de muitas outras atribuições relacionadas ao bem estar de funcionários.

Essa é uma área muito promissora dentro da engenharia, com legislação trabalhista específica que gera alta demanda por engenheiros com esta expertise. Quer entender como ingressar nesta área e ser um engenheiro de Segurança no Trabalho de sucesso? Confira as dicas que preparamos para ajudá-lo a alcançar tal objetivo.

O que faz o engenheiro de segurança no trabalho?

Antes de começarmos o nosso guia de como se tornar um bom engenheiro de segurança no trabalho, é importante que entenda como esse profissional atua dentro da organização.

Além das atribuições que mencionamos na introdução deste texto, também é papel do engenheiro de segurança no trabalho fazer mapas de periculosidade considerando fatores ambientais e materiais, e implementar medidas para proteger os colaboradores de riscos no ambiente de atuação profissional, sejam eles advindos de máquinas ou de estruturas.

Por isso, é também de sua responsabilidade a escolha dos equipamentos de proteção individual EPIs mais adequados para cada função, além de garantir que sejam utilizados durante toda o tempo de realização de suas atividades, da maneira correta, evitando qualquer risco direto. 

O engenheiro de segurança no trabalho é detentor do conhecimento legal sobre as normas de segurança do setor e encarregado pelo efetivo cumprimento das determinações legislativas dentro das empresas. É igualmente parte de suas funções efetuar os treinamentos para a correta utilização dos EPIs, além de controlar o atendimento a todas essas normas, por todos os colaboradores no dia a dia.

Quem são os engenheiros de segurança no trabalho?

Para dar conta de todas estas atribuições, ele precisa ter formação específica. No setor, há diferentes níveis de profissionais atuando para garantir a segurança nas empresas e ministrando cursos técnicos, disponíveis para que qualquer pessoa com Ensino Médio possa começar a atuar na área.

O cargo de engenheiro de Segurança, porém, só pode ser executado por aqueles que se formaram em engenharia (qualquer uma delas) ou arquitetura. São esses profissionais que guiarão a atuação dos técnicos de Segurança no Trabalho e se responsabilizarão pelas políticas de segurança em uma empresa.

A Lei 7.410, de 1985, é a que regulamenta a atuação do engenheiro de segurança no trabalho e que determina que engenheiros e arquitetos devem possuir curso de especialização/pós-graduação para começarem a trabalhar nessa área.

Como ser um bom engenheiro de segurança?

Agora que você já conhece melhor como os engenheiros de segurança atuam e quais as suas responsabilidades, confira o que fazer para se tornar um dos melhores profissionais dessa área nos tópicos a seguir.

Procure especialização em segurança no trabalho

Para começar a atuar como engenheiro de segurança no trabalho, o primeiro passo é procurar especialização. Como dissemos anteriormente, apenas profissionais graduados em engenharia ou arquitetura podem atuar nesse campo profissional. 

Se acabou de se formar, é importante buscar especializar-se em cursos de pós-graduação. Então, descubra quais são os cursos relacionados a área onde mora e verifique que requisitos são exigidos para ingressar em cada um deles.

Estude a legislação

Uma das coisas que você aprenderá nos cursos de especialização é a legislação pertinente ao setor. Normas técnicas, como a NR 6, farão parte da sua rotina profissional e ganham aqueles que conseguem dominá-las com facilidade. Por isso, estude bem o texto legal para conseguir atuar sempre dentro da Lei.

Desenvolva a capacidade de ouvir

Ser um bom engenheiro de segurança no trabalho não é só dá ordens a sua equipe: ele precisa escutar os profissionais que trabalham no setor em que atua para entender melhor os seus problemas e determinar estratégias que realmente farão a diferença na proteção desses colaboradores no dia a dia.

Um dos desafios constantes é a implementação de mudanças que impactem no número de acidentes na empresa, e começa pela resistência dos profissionais em mudar suas rotinas. Neste sentido, é necessário ser persuasivo e ter um bom relacionamento com toda a equipe pois, só assim ele conseguirá superar todos os principais desafios com facilidade.

Trabalhe com foco em metas de curto, médio e longo prazo

Para conseguir atuar com eficiência ele deve ser capaz de estabelecer metas de curto, médio e longo prazo no que tange a prevenção e redução de acidentes na empresa. Avalie os principais indicadores de performance do setor periodicamente e estabeleça objetivos para aumentar a proteção do time a cada dia.

Dessa forma, você terá facilidade em acompanhar os progressos diários, avaliar os resultados e qualificar as políticas de segurança implementadas pela sua gestão.

Esteja em constante evolução

Embora os profissionais da segurança no trabalho tenham atribuições determinadas pela legislação e que, portanto, não mudam com tanta frequência quanto as atribuições de outros profissionais é preciso se manter atualizado.

Novos equipamentos e técnicas estão sempre sendo criados para garantir mais conforto e segurança para os profissionais da indústria. Ficar a par das novidades do mercado, fazer cursos de atualização e ler bastante sobre o tema vão ajudá-lo a ser um profissional cada vez melhor.

Reiteramos que o engenheiro de segurança no trabalho é um dos profissionais mais importantes e indispensáveis dentro das empresas. É a atuação dele, junto aos técnicos em segurança da sua equipe, que garante a redução dos riscos durante a realização das atividades de todos os demais profissionais da organização.

Como todas as empresas que têm funcionários sob o regime CLT precisam ter um setor de segurança no trabalho, se você está terminando a sua graduação e considerando uma especialização, tenha em mente que há muitas oportunidades no mercado e que, portanto, vale realmente muito a pena investir em uma pós-graduação.

Gostou de conhecer mais sobre a atuação do engenheiro de segurança no trabalho? Assine agora mesmo a newsletter e não perca nenhuma postagem aqui do blog!


Últimos posts