Imagem: Logo Volk do Brasil
Banner: Baixe grátis o Guia de Luvas de Segurança - Aprofunde seu conhecimento sobre o vasto mundo das luvas de segurança. Banner: Baixe grátis o Guia de Luvas de Segurança - Aprofunde seu conhecimento sobre o vasto mundo das luvas de segurança.
Publicado em 07/11/2018

Saiba quais são os 6 principais EPIs em Metalúrgicas


Os acidentes de trabalho infelizmente estão presentes na rotina de vários segmentos industriais. Na metalurgia, isso não é diferente — e a ocorrência de colaboradores acidentados não é algo raro de acontecer. Dessa forma, promover medidas que visam reverter esse cenário torna-se necessário, sendo o uso de EPI em metalúrgica um bom exemplo disso.   

A produção de metal demanda inevitavelmente a exposição de colaboradores a riscos baixos e elevados. Entretanto, cabe destacar que, uma vez que todos os funcionários utilizem de forma correta os equipamentos de proteção (individual e coletivo), recebendo a devida capacitação pelo setor de segurança do trabalho, os perigos podem passar a ser totalmente controlados.   

E você, já sabe quais são os principais EPIs em metalúrgicas? Então leia e confira seis deles abaixo!

1. Óculos de proteção

Por ficarem expostos a ambientes com alta taxa de radiação (emitida pelo aço durante o seu processo de fabricação) e presença de fumos e partículas em suspensão, o uso dos óculos de proteção passa a ser indispensável para os trabalhadores. 

Como se trata de uma região muito sensível e úmida, o olho humano pode sofrer graves consequências ao ficar exposto sem proteção à radiação, causando danos irreversíveis à saúde.

Sem esse EPI, o colaborador está sujeito a:

  • irritação e ressecamento ocular;
  • perda permanente, parcial e total da visão;
  • perda momentânea da visibilidade (podendo ocasionar acidentes).

Cabe também destacar que existem vários tipos de óculos, porém, na indústria metalúrgica, os mais comuns são os que oferecem proteção contra radiação infravermelha e ultravioleta.  ​

2. Bota antiderrapante

O calçado também é um item de segurança importante, já que a sua função vai além da proteção para com os pés. Ter um solado antiderrapante é fundamental para um colaborador que trabalha no ramo metalúrgico, pois, há ambientes e situações onde uma simples queda pode ocasionar um grave acidente de trabalho. 

Uma das principais funções das botas, geralmente encontradas em couro, é a de garantir a qualidade de locomoção dos funcionários — o que inclui não apenas proteção, mas também conforto durante a movimentação. 

As botas têm as seguintes funções:

  • isolar e manter os pés seguros numa eventual queda de objetos pesados;
  • reduzir as chances de choque elétrico em situações onde há o contato com fontes de energia;
  • diminuir as chances de queda e escorregões. 

3. Protetor auditivo

A elevada poluição sonora nos ambientes metalúrgicos é algo impossível de se evitar. São diversos os processos que apresentam impacto entre peças e alta intensidade de barulhos devido ao funcionamento de grandes máquinas. Por isso, recorrer à proteção dos ouvidos é essencial para permanecer de forma segura nesses locais.

Sendo especificada segundo diferentes níveis de isolamento sonoro, a proteção auditiva pode ser realizada tanto por itens mais simples, como o protetor auricular, quanto por aqueles mais completos, como os abafadores de ruídos tipo concha. 

Cabe destacar que esse EPI merece uma atenção especial. Os efeitos causados pela alta intensidade do som na audição podem não ser observados ou sentidos de forma imediata pelo colaborador.

Em outras palavras, a perda auditiva é gradual, o que reforça a importância do uso do EPI mesmo que o colaborador aparentemente não se sinta incomodado com o barulho durante o trabalho. 

Negligenciando o protetor auditivo, o funcionário está sujeito a:

  • perda gradual auditiva;
  • desenvolver doenças no sistema auditivo;
  • perda total auditiva e, consequentemente, surdez. 

4. Capacete 

O capacete também é um EPI básico para quem trabalha no ramo metalúrgico  e é completamente inimaginável um funcionário da área atuar sem o seu uso. Todos os equipamentos de segurança têm a sua devida importância, entretanto, por realizar a proteção da região da cabeça, ele é considerado como um dos principais. 

São funções do capacete de segurança:

  • isolar e manter segura a cabeça no caso de queda de objetos e obstáculos fixos;
  • proteger contra a exposição solar;
  • reduzir as chances de choque elétrico em situações onde a cabeça entra em contato com alguma fonte de energia.  

5. Luvas

Mesmo que haja funcionários que não utilizam as luvas devido a algumas reclamações de desconforto ou por acharem que a tarefa desempenhada não oferece risco para as mãos, o uso desse equipamento também se mostra relevante. 

Há vários ambientes e situações na metalurgia que exigem o uso das luvas, como o carregamento de peças aquecidas e o manuseio de objetos pontiagudos e cortantes. 

Ao usar as luvas de proteção, o trabalhador metalúrgico:

  • mantém as mãos isentas de calos;
  • diminui as chances de corte e lesões em geral;
  • realiza o devido isolamento térmico das mãos, garantindo o conforto na realização de tarefas.   

6. Avental

A alta temperatura é característica de grande parte dos ambientes de trabalho do ramo metalúrgico. O problema desse fator, no entanto, não está relacionado apenas com as consequências físicas que ele causa no corpo humano.

Isso porque um colaborador que está exposto ao calor e sem a devida proteção perde consideravelmente a sua concentração, o que pode acarretar momentos de distração e, consequentemente, a ocorrência de acidentes de trabalho.

Utilizando o avental, o colaborador:

  • garante seu conforto térmico;
  • evita queimaduras e lesões de pele;
  • protege o corpo da umidade e de fluidos corrosivos.   

Disponibilização de EPIs e outras medidas de segurança

É importante ressaltar que a disponibilização de EPIs (em bom estado de conservação), bem como a reposição imediata (sem qualquer custo adicional), são de inteira responsabilidade do empregador.

Destaca-se também a obrigação por parte das empresas de investir no setor de segurança do trabalho, buscando, assim, a promoção de medidas preventivas. 

Cabe ao colaborador utilizar o EPI disponibilizado e não negligenciá-lo sob hipótese alguma, mesmo que a tarefa desempenhada aparentemente não ofereça riscos elevados. 

Sendo assim, fica clara a importância do uso de EPI em metalúrgica, garantindo a segurança do colaborador e refletindo diretamente na diminuição do número de acidentes de trabalho. Desse modo, os riscos (mesmo que elevados) passam a ser totalmente controlados e as tarefas são executadas com qualidade e segurança. 

Agora que você já conhece quais são os EPIs em metalúrgicas, entre em contato conosco. A Volk do Brasil fornece uma linha completa de equipamentos de segurança!


Últimos posts




Comentários