Imagem: Logo Volk do Brasil
Banner: Baixe grátis o Guia de Luvas de Segurança - Aprofunde seu conhecimento sobre o vasto mundo das luvas de segurança. Banner: Baixe grátis o Guia de Luvas de Segurança - Aprofunde seu conhecimento sobre o vasto mundo das luvas de segurança.
Publicado em 06/12/2018

Segurança do trabalho na indústria: 7 padrões que você deve adotar


O Brasil é um dos países que mais gastam dinheiro com multas indenizatórias oriundas de acidentes de trabalho — cerca de R$ 26,2 bilhões nos últimos seis anos. Essa triste realidade trabalhista também impacta no bem-estar humano com os acidentes fatais e o desenvolvimento de doenças crônicas. Dessa forma, investir em segurança do trabalho na indústria torna-se essencial.

Toda empresa deve criar e investir no seu próprio setor de segurança do trabalho, realizando serviços críticos como o de mapeamento de áreas de risco e elaboração de medidas preventivas de segurança. Para evitar acidentes, alguns importantes padrões que devem ser considerados. Continue a leitura e veja quais são.   

1. Contratar profissionais capacitados

A contratação de um técnico e engenheiro de segurança do trabalho é fundamental para o planejamento e organização do setor de segurança do trabalho. São eles que serão os responsáveis por avaliar as tarefas de risco presentes na empresa e mapeá-las, especificar o uso correto do EPI e elaborar de medidas para conscientização dos colaboradores.

Vale ressaltar também que caso o setor de segurança do trabalho da empresa esteja com dúvidas referentes à segurança de determinados processos, a busca por auxílio de uma equipe profissional se faz necessário.   

2. Adquirir de EPI de boa qualidade

Acidentes de trabalho podem ocorrer mesmo com o uso do equipamento de segurança caso o EPI não seja de boa qualidade e procedência.

Por isso, certificar-se da qualidade do EPI, bem como a reputação da empresa que o vende, são tarefas indispensáveis na hora de comprar esses utensílios.

3. Elaborar programas de segurança do trabalho

Criar esses programas dentro da empresa é importante uma vez que eles têm a competência de abordarem todo e qualquer assunto referente à segurança do trabalho aplicado na indústria.

Programas como o PPRA, CIPA, PCMAT e PGR são ótimos exemplos de metodologias que atuam em função da diminuição dos acidentes de trabalho e resguardo da vida.

4. Realizar palestras e eventos

A realização de palestras, atividades recreativas e informativas são relevantes na medida em que ajudam a reforçar a importância de: uso constante de EPI; manter uma conduta profissional no local de trabalho, condução de uma situação de risco e prevenção de acidentes.

Por esses motivos, é interessante que a empresa sempre promova eventos internos, esclarecendo assim o tema da segurança do trabalho aos seus colaboradores.

5. Fornecer EPIs

É obrigação do empregador o fornecimento de EPI, essa é uma das medidas básicas no combate ao grande número de acidentes de trabalho.

Luvas, máscaras, protetores auriculares, botas, mangotes, aventais e óculos de proteção são os principais exemplos de equipamentos de segurança empregados na indústria.

6. Oferecer treinamentos constantes

Treinar os colaboradores de acordo com as novas técnicas de proteção e segurança é uma ótima medida para manter o setor de segurança do trabalho da empresa atualizado.

A cada ano surgem novos modelos de EPI e é fundamental que a indústria ofereça para seus colaboradores as melhores opções de proteção e treinamento para utilizá-los da forma correta.

7. Sinalizar áreas de risco

Além de mapear as áreas de risco, também é importante sinalizá-las com avisos que chamem a atenção. Dessa forma, evita-se que colaboradores não autorizados, ou com o indevido EPI entrem em áreas que não deveriam e se arrisquem.

A segurança do trabalho na indústria é fundamental para o bom funcionamento de uma empresa e qualidade de vida dos funcionários. Portanto, vale ressaltar que não se deve economizar quando o assunto é segurança, nem mesmo encará-lo como um gasto, mas sim um investimento.

Gostou do conteúdo? Baixe nosso e-book e aprenda mais sobre medidas de proteção e segurança do trabalho!


Últimos posts




Comentários