Imagem: Logo Volk do Brasil
Banner: Baixe grátis o Guia de Luvas de Segurança - Aprofunde seu conhecimento sobre o vasto mundo das luvas de segurança. Banner: Baixe grátis o Guia de Luvas de Segurança - Aprofunde seu conhecimento sobre o vasto mundo das luvas de segurança.
Publicado em 27/06/2019

Vestimentas descartáveis: são indicadas para quais tipos de trabalho?


vestimentas descartáveis

As vestimentas descartáveis são equipamentos de proteção individual de uso único, ou seja, que não precisam passar por ciclos de lavagem e esterilização. Elas são EPIs importantes porque mantêm uma barreira protetiva eficiente e consistente, que oferece menor risco de contaminação cruzada do que as vestimentas que precisam ser higienizadas a cada uso.

Oferecendo proteção contra materiais químicos, bactérias e outros agentes biológicos, dependendo da proposta tecnológica de cada modelo, as vestimentas descartáveis são comumente utilizadas em indústrias como a petroquímica.

Um bom vendedor de EPI deve ter na ponta da língua as principais informações sobre esses equipamentos de proteção e, no artigo de hoje, vamos ajudá-lo a conhecer melhor como e quando essas vestimentas são necessárias. Pronto para aprender? Então vamos lá!

Por que um revendedor de EPIs precisa conhecer as vestimentas descartáveis?

Vestimentas descartáveis também são um dos tipos mais comuns de equipamentos de proteção individual que encontramos nas lojas.

Para se destacar da concorrência na revenda de EPI, o revendedor deve ser capaz de passar informações completas e atualizadas sobre esses e outros produtos para os clientes. É assim que ele consegue chamar atenção e fidelizar.

Quanto mais bem informado estiver sobre os produtos que comercializa, maiores as chances que ele tem de obter sucesso. É que, na maioria das vezes, quando um cliente procura por esse tipo de produto quer também fazer uma consultoria sobre a utilização deles. É aí que a revenda tem a chance de se diferenciar, mostrando para ele que sabe bem do que está falando.

Informações técnicas sobre os produtos, quando e como são utilizados devem ser compreendidas não só por quem lida com as vendas.

Dos profissionais de marketing ao atendimento, todos aqueles que trabalham na revenda precisam saber muito sobre os produtos para conquistar espaço no mercado.

Hoje, a melhor maneira de conquistar um cliente é oferecendo orientações sobre Segurança do Trabalho e tornando-se um especialista no assunto. Com as informações sobre vestimentas descartáveis que você aprenderá aqui estará mais próximo de conseguir fazer isso.

Quais são as indústrias que utilizam esse EPI?

Macacões de proteção são um dos tipos mais comuns de vestimentas descartáveis. Eles estão nas tarefas realizadas na indústria química e petroquímica, por exemplo.

A seguir, você vai conferir que tipo de proteção eles oferecem aos profissionais de cada uma dessas áreas.

Indústria química

A indústria química é um dos lugares em que as vestimentas descartáveis são usadas com mais frequência. Porque os profissionais que atuam em laboratórios lidam constantemente com a mistura de substâncias e as reações decorrentes dela, eles precisam proteger muito mais do que as mãos e o rosto. Na maioria das vezes, devem ter todo o corpo coberto.

Macacões descartáveis ajudam a evitar que os trabalhadores entrem em contato com diversos químicos agressivos, nas formas sólida ou líquida.

Essas vestimentas impedem desde a contaminação até a ocorrência de reações alérgicas. Alguns modelos podem ser impermeáveis e podem proporcionar tanto proteção quanto flexibilidade, para que o profissional não tenha prejuízo ao se movimentar pelo espaço em que trabalha e consiga cumprir todas as suas funções.

Indústria petroquímica

Em qualquer lugar no qual o colaborador precisa estar em contato direto com compostos potencialmente prejudiciais ele deve estar protegido. Na indústria petroquímica, em que se lida com óleos, graxas e gases inflamáveis diariamente e em estado bruto (como nas plataformas de extração), uma vestimenta descartável especial é utilizada.

Além de ser impermeável, ela conta com material que funciona como um retardante de chamas. Por isso, é capaz de não só proteger contra os respingos químicos, mas também de evitar a combustão.

Autoextinguíveis e projetadas em um material que resiste ao calor, as vestimentas não derretem nem vazam, mas devem ser usadas em conjunto com macacões de proteção térmica para salvaguardar o funcionário.

Agronegócio

O agronegócio é outra das indústrias que exigem a utilização das vestimentas descartáveis. Elas são imprescindíveis para impedir que durante a pulverização de inseticidas e defensivos agrícolas, o colaborador entre em contato com substâncias prejudiciais à saúde.

Combinadas com luvas e botas de proteção, as vestimentas descartáveis completam o uniforme do profissional adicionando a ele uma camada protetiva.

Em geral, elas são capazes de proteger o trabalhador de respingos e jatos líquidos, bem como de partículas secas, pó e poeira e apresentam grande resistência tanto a sprays quanto a jatos diretos.

Indústria alimentícia

Vestimentas descartáveis fazem parte da rotina de quem trabalha em ambientes como os frigoríficos. Elas impedem que os corpos entrem em contato com alimentos, evitando a contaminação cruzada, que poderia ocasionar em problemas de saúde tanto para quem trabalha quanto para quem consome o produto.

Por se tratarem de produtos de utilização única, impedem que qualquer elemento entre ou saia do ambiente.

Qual a importância das vestimentas descartáveis?

As vestimentas descartáveis, como outros EPIs de uso único — tais quais luvas descartáveis — são muito conhecidas no setor de segurança do trabalho porque oferecem uma camada extra de proteção em relação a equipamentos reutilizáveis. Como elas circulam por apenas um ciclo de trabalho, qualquer contaminação acidental não se repetirá, já que o material foi descartado.

Vestimentas descartáveis protegem o colaborador de riscos comuns a função. Devem ser adequadas às tarefas que ele executa, precisam estar dentro do prazo de validade e ser utilizadas de acordo com as instruções do fabricante, assim como acontece com outros EPIs.

Para o cliente, elas têm um custo unitário mais baixo e, para a revenda, são fonte constante de negócios, já que precisam estar sempre no estoque das empresas.

Fazer um bom pitch de vendas só é possível quando se conhece bem o produto que está comercializando. Por isso, conhecer bem o estoque da própria loja e estudar as funcionalidades e aplicações de cada equipamento disponível é o melhor que um revendedor pode fazer.

Uma equipe bem informada e que sabe responder a todas as perguntas dos clientes está sempre um passo à frente das demais.

Gostou deste artigo e quer continuar aprendendo sobre vestimentas descartáveis e outros equipamentos de proteção individual? Fale com a Volk do Brasil agora mesmo para obter treinamento e apoio técnico para se tornar líder em revenda de EPIs!


Últimos posts




Comentários