Conheça os principais EPIs para limpeza profissional

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Atualizado em 12/08/2020.

Garantir o desenvolvimento de variadas tarefas industriais de maneira segura e confiável é um desafio que o setor de segurança do trabalho de cada empresa enfrenta diariamente. Essa responsabilidade também se aplica quando falamos sobre EPI para profissional de limpeza, pois é fundamental que os trabalhadores desse ramo atuem sem correr riscos e amparados pelas devidas normas de segurança.

Neste post, destacamos os principais equipamentos de segurança que esses profissionais obrigatoriamente devem utilizar e os possíveis riscos à saúde em caso de negligência. Confira!

Quais são os principais EPIs para uma limpeza profissional?

Luvas de proteção

Atividades de limpeza industrial, em geral, podem representar ao trabalhador riscos de diversas categorias: contato direto com produtos químicos corrosivos, risco biológico (área hospitalar), perigo de corte, altas temperaturas etc. Logo, nessas situações, as luvas de proteção são EPIs indispensáveis.

Saber identificar qual o exato perigo que cada tarefa imprime e especificar qual é a luva mais apropriada é fundamental para que acidentes de trabalho não ocorram. Como existem diferentes tipos e materiais para esses equipamentos, utilizar os ideais evita problemas no momento de algum sinistro.

Para trabalhos de limpeza geral, como higienização de bancadas e retirada de pó e de outros resíduos, é possível utilizar luvas descartáveis. Já as nitrílicas protegem contra agentes biológicos e químicos. Ainda existem as fabricadas em PVC, que são ideais para trabalhos com solventes, ascarel, graxa e óleo, além daquelas de raspa, apropriadas para agentes abrasivos e escoriantes.

Protetor auricular

Há setores industriais onde ruídos excessivos são inevitáveis durante o desenvolvimento de tarefas. Na limpeza profissional, bombas de água e lavadores de alta pressão são os principais responsáveis pelo som intenso. Nesses ambientes, em que o nível de decibéis é bem maior que o suportável, a não utilização desse equipamento de segurança traz danos irreversíveis, como a perda auditiva progressiva.

Esses protetores também têm diversos tipos e benefícios específicos, então, encontrar o ideal protegerá o trabalhador e evitará danos à saúde ou à integridade física dos colaboradores e visitantes. Existem os modelos de inserção, que são aqueles que devem ser inseridos no canal auditivo e moldam-se a ele.

A contraindicação, nesses casos, ocorre quando o usuário utiliza luvas ou está em contato com agentes químicos ou biológicos. No momento de manusear os protetores auriculares de inserção, é possível contaminar o canal auditivo.

Nessas situações, o ideal é utilizar os abafadores do tipo concha. Como eles não entram em contato direto com o canal auditivo e têm tamanho maior, são ideais para o manuseio com luvas ou em locais em contato com agentes insalubres químicos ou biológicos.

Respirador

Saber identificar e mensurar os riscos provenientes da qualidade do ar também é papel do setor de segurança do trabalho. Nesse contexto, destacam-se as práticas de limpeza profissional que geram insumos e fumos que prejudicam a saúde quando inalados. Os gases tóxicos e prejudiciais estão muito presentes nessas atividades, por isso, é fundamental fazer um bom controle de agentes nocivos.

Após um estudo prévio da qualidade do ar ao qual o trabalhador fica sujeito, especificar o tipo correto de filtro que a máscara deve conter é extremamente relevante para a proteção do profissional, evitando problemas pulmonares e a perda gradativa do olfato. Existem locais com presença de gases corrosivos e até mesmo material biológico.

Como a limpeza deve ser feita em diversos setores, é fundamental que o profissional capacitado esteja bem protegido, considerando todas as especificidades do trabalho a ser realizado e do ambiente onde ele está inserido.

Bota

É impossível imaginar um profissional da limpeza trabalhando sem botinas. O uso de calçados fechados nessas ocasiões é importante para proteger da umidade, do contato com produtos corrosivos e da queda de materiais, bem como para evitar choques e ajudar na locomoção, diminuindo, inclusive, a chance de escorregões.

Da mesma forma que os outros EPIs, as botas também têm diversos modelos. Na limpeza profissional, geralmente são utilizados os calçados emborrachados e impermeáveis, devido ao grande uso de produtos químicos para a higienização. Entretanto, dependendo do local que está sendo limpo, pode ser necessária a utilização de outros tipos.

Assim, pode ser preciso se proteger contra impactos, com as botinas com ponta de ferro, contra materiais corrosivos que podem penetrar o PVC e, até mesmo, com as botas térmicas, quando a limpeza deve ser feita em locais com temperaturas extremas acima dos limites das normas regulamentadoras do Ministério do Trabalho.

Placas de sinalização

As placas de sinalização também são equipamentos fundamentais para alertar os colaboradores e visitantes a respeito dos perigos que o ambiente pode proporcionar, principalmente em relação aos riscos de quedas e de outros acidentes do tipo.

As placas servem para sinalizar que o piso está molhado e escorregadio, que existem trabalhadores realizando manutenção no local e que determinada área não deve ser utilizada e outras rotinas na empresa que podem oferecer perigos. As placas podem ser utilizadas em todos os setores, sendo que a maioria é fabricada em material flexível e leve, para que possa ser manuseada e trocada de lugar com facilidade, agilizando e tornando eficiente a proteção de todos.

Avental

Durante a limpeza industrial, é comum a utilização de água e de outros produtos químicos diluídos. Por isso, é fundamental que o empregado mantenha o seu corpo protegido durante todo o processo, evitando o contato com esses fluidos enquanto executa a tarefa. Dessa forma, o trabalhador garante o seu conforto térmico e evita lesões e doenças de pele.

Os aventais geralmente têm uma proteção impermeável para que os produtos químicos diluídos na água não entrem em contato direto com o corpo ou com as roupas do usuário. Por isso, é ideal utilizar os modelos de plástico ou de PVC que também protegem contra gordura e outros agentes insalubres.

O que é a gestão de EPIs?

A gestão de compras e de estoque de EPIs se trata da prática aplicada com o intuito de assegurar que a empresa possa disponibilizar todos os itens adequados para que os colaboradores desempenhem as suas funções com segurança. Assim, é possível garantir o cumprimento das exigências impostas pelas normas regulamentadoras, prezar pelo bem-estar e pela integridade física dos trabalhadores e evitar demandas judiciais e demais problemas originários da falta de EPIs.

Como fazer a gestão de compras e de estoque de EPIs para profissionais de limpeza?

Existem algumas medidas que podem ser implementadas com o intuito de garantir uma gestão de compras e de estoque de EPIs eficiente. Conheça as principais!

Realize a previsão da demanda

Antes de realizar a compra de EPIs, é necessário avaliar se a quantidade existente no estoque não consegue atender à demanda dos funcionários. Também é importante realizar o controle de todos os itens que entram e saem desse estoque. Sem essa prática, fica difícil mensurar se a disponibilização dos dispositivos de segurança é eficaz para evitar os riscos encontrados no ambiente de trabalho.

Elabore um inventário

Depois de identificar a demanda de EPIs, é preciso elaborar um inventário com o relatório dos itens disponíveis no estoque. Então, após fazer o mapeamento de todos os equipamentos, encontre a melhor maneira de organizá-los. Outra recomendação é criar relatórios com frequência sobre os dispositivos que são usados, os que estão parados no estoque e aqueles que precisam ser trocados (seja pela data de vencimento, seja pela apresentação de algum defeito, entre outros).

Automatize o processo de gerenciamento

Com o implemento da transformação digital, a automatização é uma ótima opção para tornar o processo de gestão mais eficiente, tendo em vista que ela integra todos os dados sobre EPIs em um único local.

Assim, é possível aprimorar e agilizar os processos relativos ao armazenamento dos itens, além de controlar o estado de conservação, de validade e as demais tarefas. Para assegurar a efetividade da ferramenta, é importante orientar os colaboradores para que consigam usufruir das funcionalidades do sistema adotado.

Treine a equipe

Realizar reuniões periódicas também é uma medida que pode ser usada para conscientizar os funcionários sobre a importância do gerenciamento de compras e de estoque de EPIs. Esse momento também pode ser aproveitado para apresentar as maneiras corretas de armazenagem e de uso dos equipamentos e, assim, prolongar a sua vida útil.

Você pode organizar essas reuniões de forma presencial ou por meio digital, utilizando a intranet, o WhatsApp, o Skype, além de murais informativos e outros canais que simplifiquem o entendimento sobre o assunto.

Promova um bom relacionamento com o fornecedor

Os fornecedores de EPIs para profissional de limpeza têm uma tarefa importante para várias empresas. Afinal, a qualidade dos produtos e serviços disponibilizados é essencial para garantir a saúde e a integridade física dos trabalhadores.

Nesse caso, o recomendável é manter um relacionamento próximo e de confiança com o fornecedor, prezando por uma parceria duradoura e que seja vantajosa para todas as partes. Assim, se torna mais simples estabelecer a negociação de prazos, as formas de pagamento, os preços etc.

Desse modo, fica fácil perceber que a utilização de EPI para profissional de limpeza é indispensável, favorecendo o conforto do profissional e evitando acidentes de trabalho. Vale ressaltar que é direito de qualquer trabalhador receber gratuitamente todos os equipamentos, cabendo ao setor de segurança do trabalho fazer um estudo prévio dos locais de risco para a correta distribuição.

Como você reparou, o uso de equipamentos de segurança não deve ser negligenciado nem pela empresa e nem pelos profissionais. Quer saber como podemos ajudar nesse processo? Então, entre em contato com a gente!

Inscreva-se em nossa Newsletter

Cadastre-se para receber notícias sobre Segurança e Saúde no Trabalho.
É GRÁTIS!

Mais Posts