11 dicas de conscientização do uso de EPIs dentro da empresa

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Você entende a importância da conscientização do uso de EPI dentro das empresas? A utilização dos equipamentos de proteção individuais é indispensável para a proteção dos colaboradores contra os riscos presentes durante a execução das atividades, além de contribuir para a promoção de um ambiente laboral mais seguro e que ofereça bem-estar e qualidade de vida para os integrantes da equipe.

Também, existem alguns aspectos que devem ser evidenciados, como a obrigatoriedade do empregador em disponibilizar os EPIs adequados, orientar e treinar os funcionários, a necessidade do trabalhado em usar os dispositivos ofertados, entre outros. Pensando nisso, elaboramos este conteúdo para apresentar algumas dicas de como essa conscientização pode ser feita. Confira!

1. Elabore a SIPAT

Fazer todos os anos a Semana Interna de Prevenção de Acidentes (SIPAT) é uma das funções da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA). Esse é um momento de conscientização que tem como objetivo a prevenção de acidentes do trabalho.

É comum que no dia a dia os trabalhadores deixem de observar determinados cuidados na realização de suas atividades. Por isso, é importante separar um tempo para reforçar os conceitos de segurança.

Como a SIPAT viabiliza a identificação e correção de práticas que oferecem riscos, é essencial programá-la todos os anos para que os funcionários mantenham os princípios de segurança sempre em mente.

2. Ofereça capacitações

A oferta de capacitações periódicas também é necessária. Nesse caso, é importante incluir orientações a respeito da utilização dos EPIs e de como se comportar em ambientes de risco.

Essa prática vai contribuir para a saúde e qualidade de vida do time, além de oferecer benefícios para a própria organização, como a redução do índice de afastamentos e a regularidade perante a fiscalização.

3. Incentive o diálogo

Os funcionários precisam compreender todos os fatores que englobam a segurança do trabalho. Por esse motivo, uma boa ideia é incentivar a conversa, de maneira que todos aprendam um com o outro. Dessa forma, aproveite os momentos em que todos se encontram reunidos para oferecer orientações em conjunto, focando no fortalecimento da cultura da segurança.

4. Personalize os EPIs

Um erro da empresa é disponibilizar apenas EPIs do tamanho médio, já que é o mais usado. No entanto, isso só pode gerar impactos negativos na precisão das atividades realizadas, podendo causar sérios riscos de acidentes.

Dessa forma, é essencial oferecer equipamentos do tamanho certo, já que essa é uma ótima maneira de demonstrar que a empresa se preocupa com cada um dos funcionários, individualmente.

5. Aposte em bons treinamentos

Os treinamento são imprescindíveis para a redução significativa de acidentes de trabalho. Mas, para que um treinamento de conscientização seja eficaz, é necessário entender como isso funciona na prática. Entre os principais benefícios que essa medida pode trazer para os colaboradores e empresas, é possível destacar:

  • minimização dos problemas com a fiscalização;
  • redução do número de acidentes;
  • melhora na qualidade dos processos;
  • aumento da produtividade da equipe;
  • fortalecimento da imagem da empresa.

6. Faça reuniões

Um dos fatores relacionados com a resistência da utilização dos EPIs tem a ver com a desinformação. Afinal, se o funcionário não compreende bem a importância de um certo dispositivo de proteção, é comum que haja resistência em usá-lo.

Dessa forma, as reuniões periódicas podem ser uma ótima oportunidade para que os integrantes do time possam expressar suas opiniões, o que permite oferecer as orientações devidas.

7. Ofereça EPIs de qualidade

Quando a empresa oferece EPI de qualidade, os colaboradores conseguem perceber que existe um grande investimento na segurança do trabalho, o que faz com que eles deem mais valor às práticas implementadas pela empresa de maneira geral. Também é necessário adequar o EPI aos riscos.

É preciso salientar que vários empregados deixam de usar os EPIs por receberem itens em mau estado de conservação ou de tamanho errado. Dessa forma, não faz sentido promover a conscientização a respeito do uso desses dispositivos se a oferta é realizada de forma precária.

8. Fale sobre as boas práticas ao lidar com o EPI

É importante que os EPIs sejam substituídos depois de um determinado tempo de uso. É fundamental estar atento a vida útil do mesmo, e os colaboradores também devem se sentir a vontade para pedir um novo item sempre que perceberam algum sinal de dano ou prazo de validade vencido.

Para que isso aconteça, é preciso conscientizar os empregados a respeito das boas práticas de uso, descarte e substituição em caso de o equipamento ser danificado ou extraviado.

9. Promova a cultura do uso do EPI

Podem acontecer falhas de comunicação dentro da empresa. Sendo assim, a promoção da cultura do uso do EPI dentro da organização é uma maneira muito eficiente para estimular a reflexão da equipe quanto aos riscos de acidentes.

Por meio de jornais informativos, murais, panfletos, vídeos, entre outros recursos que possam falar sobre o tema de forma direta e específica, é possível propiciar toda a conscientização específica dentro da companhia.

10. Utilize informações conscientes

Em todas as empresas existem funcionários mais conscientes e que realmente seguem aquilo que é certo, contribuindo para a segurança no trabalho. Uma prática que a empresa pode implementar é pedir para que esses profissionais ofereçam seus depoimentos, falando sobre a relevância do uso de EPI, perguntando o que eles pensam sobre o assunto.

Depoimentos assim motivam os demais colegas de trabalho a também mudarem a postura, já que o uso de exemplos pode ser visto como um grande incentivo.

11.Comemore os resultados

Saber comemorar e apresentar as conquistas aos funcionários é uma forma de motivar a equipe. Nesse caso, você pode mostrar o tempo que a empresa está sem nenhum acidente, o aumento da utilização de EPI em um período determinando ou premiar alguns colaboradores que se destacaram quanto ao uso e preservação dos equipamentos. Isso vai fazer com que todos fiquem estimulados, já que verão resultados reais.

Agora que você já sabe qual é a importância da conscientização do uso de EPI, você pode colocar as dicas apresentadas em prática para envolver todos os colaboradores. Para ajudar nesse processo, é possível contar com Volk do Brasil como aliada, já que é especializada para oferecer apoio técnico para a implementação de políticas de conscientização junto aos clientes.

Quer saber como podemos ajudar a sua empresa? Então, entre em contato agora mesmo e esclareça as suas principais dúvidas sobre os nossos serviços.

Inscreva-se em nossa Newsletter

Cadastre-se para receber notícias sobre Segurança e Saúde no Trabalho.
É GRÁTIS!

Mais Posts