O que é linha de vida e qual a sua importância na proteção dos colaboradores?

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

A linha de vida é o nome da estrutura em que se conectam equipamentos de ligação (de proteção individual) como o talabarte, o trava-quedas ou o cinto de segurança. Ela serve para garantir que um ou mais trabalhadores trabalhando em altura se mantenham seguros.

No artigo de hoje você vai entender melhor o que é linha de vida, como ela funciona e o que diz a legislação sobre esse equipamento de proteção coletiva. Pronto para aprender? Continue a leitura.

O que é linha de vida?

Como explicamos na introdução, a linha de vida é um equipamento de proteção coletiva (EPC). Esse item de segurança é utilizado em diversos segmentos — como na Construção Civil —, sendo indicado sempre que há execução de trabalho em altura a uma distância maior que 2 metros do solo.

A linha de vida é parte fundamental do trabalho em altura porque ela é o que permite que o colaborador se locomova por uma estrutura sem maiores dificuldades, mas continue preso a ela, evitando o risco de queda.

Existem dois tipos de linha de vida: a temporal e a fixa. Abaixo, explicamos melhor como cada uma delas funciona e quais as suas vantagens.

Linha de vida temporal

A linha de vida temporal é uma estrutura temporária, que é desmontada assim que termina a fase do projeto em que o trabalho em altura é obrigatório. 

Tanto a linha de vida temporal quanto a fixa são objetos de ancoragem. Elas também podem ser usadas no trabalho em profundidade, como na escavação de um poço ou de uma mina.

Linha de vida fixa

A linha de vida fixa, por sua vez, permanece até o final da construção e por isso é feita de componentes mais resistentes do que os da linha de vida temporal. Em geral, aço inoxidável é a escolha para a instalação dessas linhas de vida.

Tanto a linha de vida fixa quanto a temporal permitem mobilidade para os colaboradores, mesmo em posições inclinadas ou verticais, desde que acompanhadas do equipamento de travamento correto.

Cada linha de vida tem um número máximo de operários que podem ser conectados à ela e não é recomendado ultrapassar esse valor.

Por que a linha de vida é importante?

A linha de vida, além de ser um importante componente da segurança, garante que a sua empresa estará em conformidade com a Norma Regulamentadora 35, que regulamenta os trabalhos em altura.

Segundo essa legislação, para que um equipamento ou sistema de proteção contra quedas seja eficiente, ele deve:

  • ser adequado à tarefa executada;
  • ser selecionado seguindo rigoroso processo de análise de risco;
  • ser escolhido por profissional de Segurança do Trabalho;
  • ser resistente o suficiente para suportar a força máxima prevista em uma queda;
  • atender às normas técnicas nacionais — ou internacionais, quando as nacionais não existirem; e
  • ser passível de inspeção.

Um SPIQ deve ser constituído de no mínimo um Sistema de Proteção Coletiva Conta Queda (que inclui a linha de vida) e um Sistema de Proteção Individual Contra Queda (que inclui equipamentos como o cinto de segurança, o capacete e os talabartes).

Como adquirir a linha de vida?

As linhas de vida, assim como os equipamentos de proteção individual e coletiva que as sua empresa utiliza no dia a dia, são vendidos por empresas fornecedoras de EPI/EPC. 

Agora que você já sabe o que é linha de vida, é fundamental seguir aquelas dicas que você já conhece no momento da escolha desse equipamento, como conferir as credenciais do fornecedor e obter orientações junto a ele sobre como instalar a sua linha de vida.

Esse equipamento de proteção individual é fundamental para garantir a segurança dos trabalhadores. Portanto, é preciso ficar atento para a qualidade e a eficácia da linha de vida adquirida a fim de garantir o máximo de proteção contra acidentes.

E aí, gostou de conhecer melhor o que é linha de vida, como ela funciona e que tipos dela existem? Assine a newsletter da Volk do Brasil e não perca nenhuma das nossas melhores publicações!

Inscreva-se em nossa Newsletter

Cadastre-se para receber notícias sobre Segurança e Saúde no Trabalho.
É GRÁTIS!

Mais Posts