Por que investir em uma luva para quem tem alergia ao látex?

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

O látex é um produto de extração vegetal muito importante para a produção de itens resistentes. Sendo assim, a fabricação de luvas para profissionais como médicos e dentistas, por exemplo, é bastante comum. Por outro lado, uma luva para quem tem alergia a esse material também figura como elemento primordial, já que várias pessoas apresentam reação adversa ao látex.

O setor de segurança do trabalho elabora diversas alternativas para esse tipo de problema, mas algumas empresas se mostram relapsas neste aspecto.

Pensando nisso, fizemos este post, em que mostramos a importância de se investir em luvas de outros materiais e trazemos algumas opções para solução. Continue a leitura e fique por dentro do assunto!

Por que devo investir em luva para quem tem alergia a látex?

Apesar de a alergia a látex geralmente se apresentar de maneira branda, com irritações na pele, pode ser que a situação se agrave. Um choque anafilático, por exemplo, oferece risco até mesmo de morte. Portanto, investir em um tipo alternativo de luva é interessante para resguardar a saúde e a segurança dos funcionários.

Além disso, vale ressaltar que não necessariamente o profissional deve usar a luva para sentir a reação alérgica. Por exemplo, um paciente sendo operado por um médico que esteja utilizando uma luva cirúrgica de látex, pode apresentar reação alérgica devido ao contato direto com a luva.

Quais são as alternativas à luva de látex?

O melhor a se fazer nesses casos é utilizar luvas de outros materiais. Como a alergia a látex se transformou em problema por inúmeras situações, com reações alérgicas virando contratempos corriqueiros, outras luvas foram feitas para que os trabalhadores continuem exercendo seus empregos de modo seguro.

Esse tipo de equipamento é essencial para que algumas funções sejam realizadas, devido ao contato com determinados tipos de substâncias. O desenvolvimento de luvas nitrílicas descartável e luvas com materiais sintéticos, foi realizado para que ninguém fique sujeito a riscos. As de vinil, por exemplo, se mostraram uma boa opção por serem baratas, práticas e amplamente utilizadas.

O mercado, como vimos, já a aceita e aprova como uma alternativa segura. A luva para quem tem alergia não é um capricho ou um gasto desnecessário como muitas corporações podem conceituá-la. Trata-se de um investimento que, além de não ser alto, dá segurança.

Investir recursos nessa área significa prevenir a companhia, assegurar a saúde dos profissionais e ter certeza de máxima eficiência e mínimo prejuízo diário a curto, médio e longo prazo. Realizá-lo é tornar a sua empresa mais moderna e resguardada, então não esqueça de dar a devida relevância a temas como pesquisa de casos em que a luva para quem tem alergia ao látex mais se encaixa.

E aí, nosso post de hoje foi útil para você? As informações são úteis para sua corporação? Assine agora mesmo nossa newsletter e receba outros materiais relevantes em primeira mão!

Inscreva-se em nossa Newsletter

Cadastre-se para receber notícias sobre Segurança e Saúde no Trabalho.
É GRÁTIS!

Mais Posts