Confira os principais passos para utilização de EPI descartável!

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

EPI descartável: como garantir a correta utilização desse tipo de equipamento de proteção individual e ter certeza de que você e sua equipe estão protegidos? Em razão da epidemia de COVID-19, o EPI passou a fazer parte do dia a dia de profissionais das mais variadas carreiras, e a maioria das cidades do país implementou uma política de uso obrigatório de máscaras para circular pelos locais.

Com isso, a procura pelo EPI descartável cresceu, e as dúvidas em relação à utilização correta desse tipo de equipamento também. Hoje, conversamos com Marcel Rauchbach, Gerente de Marketing da Volk do Brasil, para tirar todas as suas dúvidas sobre EPI descartável. Confira!

EPI descartável: o que é?

Antes de começarmos a falar da correta utilização de EPI descartável, precisamos definir quais EPIs se encaixam nessa categoria. Peças descartáveis são todos aqueles EPIs de uso único e individual, em geral com proteção ao usuário e também, ao produto manipulado ou paciente e com proteção a risco químico ou biológico, dependendo da proposta de cada modelo.

Entram nessa categoria, por exemplo, as máscaras de proteção, as luvas descartáveis, os protetores de pé (propé), as toucas de tnt e os macacões utilizados em ambiente hospitalar ou laboratorial.

Além de serem de uso único, os materiais descartáveis também têm outras particularidades e podem apresentar um custo inferior ao de um EPI reutilizável.

Quais as aplicações dos EPIs descartáveis?

Dentro das categorias de EPIs que citamos como descartáveis, há ainda uma porção de variações nos equipamentos encontrados no mercado. Somente na categoria luva descartável, podemos encontrar produtos feitos com materiais diversos, como:

Cada um desses equipamentos de proteção individual é recomendado para um uso específico, que pode ir de aplicações industriais a manipulação de peças que contêm produtos químicos, passando pela fabricação de cosméticos e medicamentos, atendimento hospitalar e manipulação de alimentos.

Determinar a aplicação de um EPI descartável é papel do técnico de Segurança do Trabalho. Assim como acontece com a escolha de outros EPIs, cabe ao técnico avaliar os riscos ambientais e ocupacionais e determinar o modelo mais indicado de luva para reduzir o risco de contaminação ou acidente de trabalho.

O fornecedor de EPI também tem um papel fundamental na escolha dos equipamentos de proteção individual descartáveis, trabalhando com o cliente para encontrar a solução de melhor custo-benefício e que atenda a todas as especificações legais.

EPI descartável é confiável?

Uma dúvida comum entre os clientes diz respeito à qualidade do EPI descartável. A própria palavra “descartável” dá a entender que esse equipamento tem uma qualidade mais baixa. Afinal, não pode ser reutilizado. Mas isso não poderia estar mais distante da realidade.

O equipamento de proteção individual descartável segue padrões rígidos de qualidade, e o seu descarte é feito justamente para garantir a segurança do colaborador.

Isso não quer dizer que não existam equipamentos descartáveis com níveis distintos de qualidade. É preciso ficar atento à gramatura, espessura e material utilizado na confecção dos EPIs descartáveis para se certificar de que eles são capazes de oferecer a proteção que prometem.

O fato de serem descartáveis, porém, não é um demérito do equipamento. Entretanto, reutilizá-los pode colocar os seus colaboradores em risco e gerar problemas, como a contaminação cruzada, algo facilmente evitado com a utilização adequada e o treinamento de EPI.

Quais os cuidados ao utilizar o EPI descartável?

Agora que você já sabe tudo sobre equipamento de proteção individual descartável, é hora de entender como maximizar a eficiência desse tipo de EPI na sua empresa. Confira, na lista abaixo, o que fazer para que o EPI descartável seja um aliado da Segurança no Trabalho.

Siga as instruções do fabricante

Assim como outros equipamentos de proteção individual, o EPI descartável vem com orientações de fábrica. Seguir essas orientações quanto à conservação e utilização do equipamento fará com que ele ofereça toda a proteção de que a sua equipe precisa.

Não reutilize o equipamento descartável

Disponha de material descartável para que a sua equipe faça trocas periódicas no equipamento sempre que ele apresentar problemas ou sinais de contaminação. Garantir acesso aos EPIs é fundamental para que os colaboradores possam incluí-los na rotina.

Invista em treinamento de EPI

Por último, não se esqueça de treinar os seus colaboradores quanto ao uso e ao descarte dos equipamentos de proteção individual de uso único. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) tem uma série de melhores práticas estabelecidas para dispor desses materiais com segurança.

Como fazer o descarte dos EPIs utilizados?

As determinações da ANVISA a respeito do descarte de EPIs de uso único dividem esses equipamentos em duas categorias: classe I (perigosos) e classe II (não perigosos).

Os resíduos da classe II podem ser dispostos em lixo comum, desde que distribuídos para a reciclagem de acordo com os materiais usados na sua fabricação. Os resíduos da classe I, por sua vez, precisam ser encaminhados por empresa especializada em descarte para incineração, reprocessamento ou aterro.

Via de regra, ao jogar fora um EPI descartável, lembre-se de que causar poluição de qualquer natureza e que possa resultar em danos à saúde humana, da fauna ou da flora é crime, segundo a Lei de Crimes Ambientais. Se tiver dúvidas, consulte o fabricante a respeito do descarte do EPI de utilização única.

Como comprar o EPI descartável?

Como mencionamos na introdução deste artigo, os EPIs descartáveis ganharam ainda mais espaço no mercado com a pandemia global de COVID-19.

Muitas empresas que antes não tinham necessidade de utilizar equipamentos de proteção individual hoje recorrem às revendas de EPI para adquirir máscaras, luvas e face shields para continuar operando durante a pandemia.

Para se proteger, não basta adquirir equipamentos de proteção individual. É necessário também se ater à qualidade dos produtos que a sua empresa comprou. Os 5 passos abaixo vão ajudá-lo a comprar um EPI descartável sem maiores desafios:

  1. faça uma lista com os equipamentos descartáveis de que vai precisar;
  2. busque um fornecedor de EPI próximo a você;
  3. teste os equipamentos de proteção individual descartáveis do fornecedor;
  4. verifique a documentação dos EPIs, como o Certificado de Aprovação ou o selo do Inmetro;
  5. compare o custo-benefício do equipamento de proteção individual e não opte pelo mais barato em detrimento da segurança dos seus colaboradores.

O EPI descartável é um aliado não só na luta contra o COVID-19. Em ambientes, como no hospitalar e nos laboratórios, ele é parte do dia a dia dos colaboradores e garante a proteção em todas as atividades de risco que fazem parte do cotidiano do trabalhador.

Por isso, é tão importante que os EPIs descartáveis da sua empresa sejam de alta qualidade. Fale agora mesmo com um de nossos consultores e conheça a linha de descartáveis da Volk do Brasil!

Inscreva-se em nossa Newsletter

Cadastre-se para receber notícias sobre Segurança e Saúde no Trabalho.
É GRÁTIS!

Mais Posts