Como implementar o Diálogo Diário de Segurança e reduzir acidentes?

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Diálogo Diário de Segurança: você já ouviu falar nesse recurso da Segurança do Trabalho para implementar mudanças na política da empresa? O DDS é uma oportunidade para falar dos maiores perigos do ambiente de trabalho e introduzir boas práticas na rotina dos seus colaboradores.

Descubra como ele funciona e no que pode ajudar em sua empresa. Continue a leitura!

O que é o Diálogo Diário de Segurança?

O Diálogo Diário de Segurança é uma conversa que faz parte da rotina da sua empresa. Diariamente, um dos profissionais de Segurança do Trabalho ou encarregados do setor fala com os colaboradores sobre os riscos que eles correm no dia a dia e como eles podem ser superados.

O DDS é uma excelente oportunidade para tratar de temas atuais, como a pandemia de coronavírus e o impacto dela na rotina dos seus colaboradores, bem como de assuntos que são sempre relevantes no ambiente de trabalho, como as Normas Regulamentadoras do Ministério do Trabalho.

O recurso é utilizado para falar de saúde, de meio ambiente, de ergonomia e de boas práticas no ambiente de trabalho que tornam as operações da sua empresa mais segura. Além disso, é uma oportunidade de interagir com os seus colaboradores, descobrir quais são suas maiores preocupações em relação à segurança e de aumentar a integração entre as equipes.

Com implementar o DDS na sua empresa?

O primeiro passo para conseguir implementar com eficiência o Diálogo Diário de Segurança na sua empresa é planejar como isso será feito. Selecionar bem os temas, por exemplo, para que eles sejam relevantes para os seus colaboradores, é fundamental para obter um DDS eficiente.

Nos tópicos a seguir, vamos mostrar para você como fazer esse planejamento e implementação com o máximo de sucesso. Confira!

Passo 1: planeje como será feito o DDS

Para começar o planejamento do seu Diálogo Diário de Segurança, é preciso analisar quais são os riscos a que seus funcionários mais estão submetidos. De forma geral, essas pautas serão melhores para cativar a atenção da audiência. Outro fator importante é identificar que dinâmicas servem melhor para transmitir as mensagens do DDS.

Com base nas conversas que tem com a equipe, bem como nas dúvidas e principais erros que vê na aplicação de medidas de segurança no dia a dia, trace um roteiro para o seu Diálogo Diário de Segurança. Também não se esqueça da importância de informar aqueles ao seu redor sobre os objetivos e o funcionamento do DDS.

Fale com os funcionários sobre o que é, onde e quando ele será realizado e como funcionará. Assim, eles estarão mais propensos a participar das dinâmicas e saberão o que esperar da reunião.

Passo 2: procure exemplos reais

Na hora de determinar que cases trazer para o seu Diálogo Diário de Segurança, procure sempre exemplos reais, que podem demonstrar as políticas de segurança que está buscando reforçar. Por exemplo, se você precisa falar da necessidade de utilizar EPI, um acidente que aconteceu no ambiente de trabalho pela falta dos equipamentos de proteção individual é uma ótima maneira de começar a conversa.

O exemplo dará a você espaço para abordar os principais temas quando o assunto é importância do EPI e do treinamento para uso deles. O fato de ser um exemplo real trará o tema para mais perto do dia a dia do seu colaborador.

As chances de ser bem-sucedido ao passar uma mensagem assim são muito maiores. Mas lembre-se de manter o foco: estabeleça um objetivo para cada um dos Diálogos Diários de Segurança e se atenha a ele. Se os exemplos servirem mais para dispersar a sua audiência do que engajá-la, procure outra ferramenta didática.

Passo 3: escolha como passar a mensagem

A maneira como escolhemos transmitir uma mensagem é tão importante para que ela seja absorvida de maneira permanente pelo interlocutor quanto o recado em si. Por isso, será preciso determinar qual é a melhor linguagem para falar com a sua equipe.

Em geral, manter o Diálogo Diário de Segurança simples e sem muito jargão vai ajudar a fazer com que ele as suas mensagens sejam entendidos pelo máximo de pessoas possível. Tente manter o diálogo leve para captar a atenção dos seus ouvintes e, se preciso, utilize recursos audiovisuais para facilitar o entendimento do DDS.

Passo 4: estimule a participação

Na maioria dos casos, a mera criação de um Diálogo Diário de Segurança não é o suficiente para atrair os participantes para a dinâmica. Por isso, será preciso criar estratégias de incentivo dentro da empresa para fazer com que os seus colaboradores participem.

Algumas ideias são:

  • estimular que os participantes tragam mais dois ou três colegas no próximo DDS;
  • oferecer brindes;
  • abrir o microfone para que os colaboradores possam dar suas impressões sobre o evento.

Passo 5: registre o DDS

Por último, não se esqueça de documentar os Diálogos Diários de Segurança na sua empresa. Isso o ajudará a não repetir com muita frequência os mesmos temas, bem como a enriquecer as segundas e terceiras conversas sobre determinado assunto.

Anote, inclusive, as dúvidas que os participantes podem trazer para o DDS, e utilize essas informações para criar novos roteiros de encontros no futuro.

Que assuntos apresentar no Diálogo Diário de Segurança?

Está pronto para começar a montar o seu primeiro Diálogo Diário de Segurança, mas não tem ideia de que tema abordar? Confira, abaixo, algumas sugestões de temas atuais que podem interessar os seus colaboradores:

  • como aumentar a produtividade;
  • como manter bons hábitos de saúde;
  • que cuidados ter com a pele nas atividades do dia a dia;
  • como manter limpo o ambiente de trabalho;
  • preservação do meio ambiente;
  • uso de equipamento individual de segurança;
  • ergonomia no trabalho.

Muitos outros assuntos podem ser tema do seu Diálogo Diário de Segurança, desde que bem abordados para se encaixar no cotidiano dos seus colaboradores. Lembre-se de que esse é um passo importante para mantê-los interessados pelo DDS.

O Diálogo Diário de Segurança é uma excelente oportunidade para reduzir riscos na sua empresa, consequentemente, diminuindo também o número de acidentes de trabalho. Além disso, trata-se de uma ótima chance de falar com os seus colaboradores sobre as Normas Regulamentadoras relevantes para o trabalho deles e como elas são aplicadas no ambiente laboral.

Pronto para implementar o diálogo diário de segurança na sua empresa e utilizar esse recurso na inibição de acidentes? Conhece mais alguém que pode ter benefícios utilizando o DDS? Compartilhe o artigo nas suas redes sociais!

Inscreva-se em nossa Newsletter

Cadastre-se para receber notícias sobre Segurança e Saúde no Trabalho.
É GRÁTIS!

Mais Posts