Imagem: Logo Volk do Brasil
Banner: Baixe grátis o Guia de Luvas de Segurança - Aprofunde seu conhecimento sobre o vasto mundo das luvas de segurança. Banner: Baixe grátis o Guia de Luvas de Segurança - Aprofunde seu conhecimento sobre o vasto mundo das luvas de segurança.
Publicado em 22/11/2016

Como escolher o respirador ideal para seus funcionários?


Oferecer o mínimo de segurança no ambiente de trabalho é essencial para a saúde do indivíduo, o que, por sua vez, gera menos problemas de produção para a empresa e maiores rendimentos.

E entre os equipamentos de segurança necessários para prevenir doenças e acidentes está o respirador para funcionários. Saiba mais sobre ele!

Por que esse equipamento é importante?

As máscaras respiratórias são utilizadas em diversos ramos da indústria, ambientes hospitalares, entre outros locais. Ela fornece a prevenção necessária para que micropartículas não entrem pelas vias aéreas e comprometam o sistema respiratório com o passar do tempo.

Algumas substâncias com as quais o trabalhador lida podem causar sérias patologias depois de anos de contato. Sendo assim, ele pode até achar que o seu pulmão está funcionando perfeitamente, mas na verdade há algo escondido por ali. Portanto, o uso do respirador é indispensável.

Como escolher o respirador?

Bom, como existem muitas opções no mercado, essa pode se tornar uma tarefa um tanto trabalhosa. Por exemplo, há respiradores específicos para determinadas substâncias.

Vejamos agora quais fatores levar em consideração no momento da escolha.

1. Vedação

É muito importante que a máscara sirva em diversos tipos de rostos, afinal, cada um tem um formato anatômico. Portanto, opte por um modelo que seja mais maleável e ajustável.

Se as partículas conseguirem passar por esses espaços, de nada adiantará usar a máscara.

2. Filtro

Esse é um dos fatores mais importantes a ser observado no momento da sua escolha. Cada filtro está direcionado a impedir a passagem de determinadas substâncias e é ele que vai garantir a prevenção de algumas doenças típicas de ambientes de trabalho insalubres. 

3. Manutenção

É importante avaliar qual é a necessidade de manutenção desse equipamento. Precisa de algum produto especial? Dá para lavar com água corrente apenas? É descartável?

Todos esses pontos precisam ser analisados e a escolha vai depender do tipo de indústria e material com o qual o trabalhador estará exposto (A escolha depende do tipo, do tamanho e da concentração do contaminante).

4. A atividade laboral

Você precisa considerar com quais substâncias o funcionário lida e em qual ambiente ele se encontra. Esses pontos são cruciais para a escolha da máscara correta.

É possível fazer algumas perguntas como: "o trabalho é leve?" ou então "ele fica todo o tempo no local de risco?". 

5. Tempo de uso

Cada respirador tem um tempo de vida útil e isso vai depender também da frequência com a qual ele é utilizado. É preciso ficar atento a essas especificações.

Pode acontecer da máscara não estar funcionando mais e o trabalhador continuar utilizando-a sem se dar conta disso.

6. Valores de concentração

Saber qual a concentração da substância nociva no local em que se encontra o trabalhador é um dos fatores a se considerar. Isso faz referência ao IPVS (Imediatamente Perigoso à Saúde ou à Vida) que supõe uma ameaça direta e consequências irreversíveis para a saúde do trabalhador.

Ficou mais clara a importância do uso do respirador para funcionários dentro do ambiente de trabalho? Conhece outros equipamentos de segurança ou quer saber mais sobre o assunto? Então assine a nossa newsletter!


Últimos posts




Comentários