O que você precisa saber sobre vendas de produtos EPI?

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Para quem trabalha com equipamentos de segurança, é fundamental entender como funciona a venda de EPI. Afinal, há várias questões envolvidas, como qual tipo se encaixa melhor em uma determinada atividade, quais são as normas legais sobre isso, qual a funcionalidade de cada ferramenta, entre outras.

Comercializar Equipamentos de Proteção Individual exige alguns cuidados, ao mesmo tempo que as vendas aumentam bastante. Isso acontece porque diversas empresas adotam essas ferramentas para a segurança dos colaboradores. Além disso, também é preciso adotar um bom  layout de loja de EPI, a fim de garantir bons resultados para o empreendimento. 

Se você quer saber mais sobre o assunto para ter sucesso na venda de EPI, não deixe de conferir todos os tópicos que elaboramos para você ao longo do artigo. Vamos lá?

Saiba quais os tipos de equipamentos para cada situação

Infelizmente, existem muitas pessoas que indicam produtos EPI sem conhecer, de fato, quais são os equipamentos ideais para cada atividade. Isso pode colocar em risco os trabalhadores, pois, por mais simples que um trabalho possa parecer, há sempre um risco no caso de proteção incorreta.

Por exemplo: para um colaborador que atua em uma transportadora, a grosso modo, os EPIs necessários incluiriam uma botina de segurança e uma cinta lombar. O transporte de um produto químico exigiria um respirador facial, conforme o tipo do material movimentado. Se ele for elaborado com cargas refrigeradas, já seria interessante alguma proteção contra o frio.

Observe que é muito perigoso ter apenas a visão da suposição, visto que isso pode provocar vários riscos para o trabalhador. Então, estude e conheça a fundo quais são os EPIs necessários para cada segmento e o que seu público precisa.

Conheça as normas relacionadas

Além de evitar acidentes no ambiente de trabalho, os EPIs servem para garantir que o colaborador não fique exposto a doenças. Esses quadros podem comprometer sua capacidade laboral e sua vida, no decorrer e depois da atividade exercida. Assim, a obrigatoriedade é definida na norma técnica NR-6. Entre outras coisas, ela determina que o equipamento seja fornecido de maneira gratuita pelo empregador, conforme as funções desempenhadas pelos membros de sua força de trabalho.

Ou seja, você deve conhecer essa norma regulamentadora detalhadamente, pois ela estipula várias questões ligadas a segurança, modelos exigidos de acordo com cada trabalho, uso correto e muito mais. A lei define as especificações de cada um para identificar todos os perigos que podem ser evitados. Conhecer isso favorece a venda de EPI porque permite exercer uma atividade consultiva.

Entenda o funcionamento de cada EPI

Você deve conhecer como é o funcionamento dos EPIs que usa na loja. Assim, é possível elaborar estratégias que valorizem as características individuais deles, o que aumenta o potencial de vendas.

Cada equipamento serve para uma determinada função em uma empresa. Veja alguns exemplos:

  • óculos para proteção dos olhos, para evitar danos provocados por partículas volantes, radiação ultravioleta, infravermelha e luminosidade intensa;
  • protetores auditivos, que podem ser circum-auriculares, de inserção ou semi-auriculares, para haver proteção contra ruídos;
  • máscaras de solda que protejam os olhos e a face contra impactos de partículas, radiação ultravioleta e infravermelha, como também da luminosidade intensa;
  • respiradores purificadores de ar, de adução de ar ou de fuga, conforme a atividade a ser desempenhada;
  • luvas que visem a proteção das mãos contra agentes abrasivos, térmicos, cortantes etc.;
  • vestimentas para proteção do tronco contra possíveis riscos térmicos, mecânicos, químicos, radioativos, meteorológicos ou contra umidade oriunda de operações com uso de água;
  • mangotes de segurança, que servem para a proteção específica de braços e antebraços contra cortes, produtos abrasivos e escoriações;
  • macacões de segurança, que protegem cabeça, tronco e membros superiores e inferiores contra a ação de produtos químicos, entre outros.

Tenha uma estrutura básica para vender produtos EPI

Você deve ter uma estrutura para sua loja de equipamentos de segurança que ofereça espaço adequado, qualidade de armazenamento, local de administração e atendimento correto aos seus clientes. O posicionamento do mobiliário faz muita diferença e precisa ser ajustado para contribuir para o bom funcionamento da revendedora.

Assim, para chegar ao pleno andamento das atividades, você deve considerar o layout interno da loja, como decoração, ambiente, luminosidade, espaços para locomoção, entre outros. Também, é preciso observar a parte externa, como vitrines, letreiros e fachada. Um automóvel disponível em sua revendedora é interessante, além de maquinário como computadores, telefone fixo e celular

Ao escolher os profissionais para trabalharem em sua loja de materiais de segurança, considere as habilidades que cada um apresenta, de acordo com a função desempenhada. É imprescindível na área de vendas, por exemplo, que os responsáveis saibam ouvir, tratar bem os consumidores e sejam flexíveis.

Conheça seus concorrentes

Para quem deseja revender produtos EPI, é interessante saber o que seus concorrentes oferecem para os clientes. Isso auxilia na identificação de quais marcas têm mais destaque no mercado, por exemplo. Escolher uma empresa com equipamentos de qualidade e analisar seus concorrentes é uma forma de saber o que há de inovação nessa área. Sendo assim, não deixe de conhecer o que eles oferecem, pois, dessa forma, você conseguirá melhorar os seus serviços.

Divulgue a sua loja

Para divulgar os serviços oferecidos pela sua loja de equipamentos de segurança, você deve buscar conhecer quais são as publicações direcionadas que podem receber anúncios de sua revendedora. Outro modo de conseguir tornar sua loja conhecida é criar um site com todos os dados possíveis do que você revende. Assim, fica mais fácil para as pessoas compreenderem exatamente quais são os produtos que você oferece.

Tenha um planejamento que funcione

O planejamento é parte fundamental para que suas vendas deem certo. Ao conversar com seu cliente, saiba o que ele vai expressar, quando vai pronunciar e por que fala. Esses três passos podem ser pensados, até mesmo, antes do primeiro contato com ele. A observação é a chave para um excelente planejamento.

Use perguntas abertas e fechadas, aquelas que instigam a curiosidade dele. Exponha o problema observando o que ele deseja e apresente sempre o melhor produto, mesmo que esse não seja o mais caro da sua revendedora. Por isso é tão importante conhecer cada equipamento.

Acerte na escolha dos fornecedores

Para fazer uma venda de EPI adequada, é indispensável ter bons produtos. Seus clientes precisam do melhor, já que é a segurança dos profissionais que está em jogo. O melhor modo de garantir isso é com a seleção de bons fornecedores.

Com a decisão correta, é possível ter as melhores condições, obter máxima qualidade e se diferenciar no mercado. Também, é um meio de atender ao que o seu público procura e do que precisa, isso aumenta o potencial de conversão. Contudo, afinal, como acertar nessa escolha tão importante? A seguir, veja algumas dicas para optar pelo melhor fornecedor de EPI.

Avaliar a qualidade e a variedade de produtos

Concentrar as compras em um só lugar é uma excelente solução para caprichar na venda de EPI. Você conta com a certeza de que todos os itens terão o mesmo nível de qualidade e ainda obtém condições melhores de pagamento, como descontos ou um prazo maior. Entretanto, antes de tomar a decisão, não deixe de conferir a procedência dos produtos. Veja se eles são feitos com bons materiais e se atendem aos requisitos específicos para garantirem a proteção.

Identificar a responsabilidade técnica

Para oferecer toda a proteção necessária aos seus clientes, é essencial cuidar da responsabilidade técnica. Isso significa que os produtos devem estar de acordo com normas técnicas de fabricação e qualidade, além de terem as devidas certificações. A atenção certa nesse sentido permite que a sua revenda adquira itens que atendem ao que manda a lei e que estão conforme as exigências para a área de segurança do trabalho.

Conferir como é o atendimento

Após garantir que os EPIs têm a qualidade necessária, é o momento de constatar qual é o nível de atendimento. Veja se a empresa apresenta um contato inicial rápido, se conta com especialistas e se oferece uma abordagem personalizada.

Logo nessa hora, inclusive, é possível ter uma ideia sobre o suporte pós-venda que você terá e como isso vai impactar o seu negócio. Para completar, essa análise ajuda a fazer boas compras, ter satisfação e, principalmente, firmar uma parceria duradoura, o que auxilia a sua empresa a ter melhores resultados.

Pensar no custo-benefício

Como a qualidade é um aspecto essencial, não é recomendado usar o preço como critério de decisão. O ideal é verificar um elemento ainda mais importante: o custo-benefício. Ao calcular a relação entre gastos e ganhos, há como decidir se a empresa é a melhor alternativa.

Na hora de fazer comparações, sempre considere que o nível de qualidade e de vantagens deve ser equivalente. Assim, fica mais fácil tomar uma decisão adequada, pensando no que é realmente importante para os bons resultados do negócio.

Buscar tradição e boas recomendações

Estabelecer parceria com um fornecedor de renome no mercado é um dos caminhos para o sucesso na venda de EPI. Não deixe de verificar essa questão, saiba há quanto tempo a empresa atua no mercado e qual é o seu destaque no setor. Para ter mais segurança, confira as recomendações de quem faz e já fez os pedidos. Ao somar isso aos demais componentes, fica fácil entender se a decisão é a adequada ao momento.

Conheça um bom fornecedor e suas alternativas

Já que a escolha de um bom fornecedor é tão importante, o cuidado na decisão deve ser redobrado. Ao selecionar a nossa empresa, sua revenda de EPI pode aproveitar muitas vantagens. Ao conhecê-las, você ficará mais próximo da decisão certa. Por isso, veja quais são os aspectos de destaque.

Portfólio amplo e moderno

Um dos destaques da nossa empresa é o mix de produtos. Há itens voltados para todas as necessidades de segurança, com atuação em setores e funções diversas. Ao reunir tudo em um só lugar, a sua compra é facilitada. Além de tudo, as ofertas são modernas e acompanham o avanço das exigências do mercado de trabalho e seus setores variados.

Qualidade diferenciada

Um dos aspectos que destacam os produtos da marca é a sua oferta de EPIs de altíssima qualidade. Feitos com os melhores materiais e dentro de todas as normas do mercado, garantindo a atuação necessária para manter seu negócio e seus colaboradores protegidos. Tudo isso gera homologação e evita problemas com a fiscalização.

Redução de acidentes e doenças no trabalho

Como todos os produtos oferecem um nível elevado de qualidade e eficiência, também ajudam a empresa em uma tarefa essencial: manter a segurança. Com a compra, distribuição e utilização adequadas, os profissionais correm menos riscos de acidentes ou doenças laborais. Para o negócio, a compra representa mais produtividade e menos gastos extras.

Atendimento customizado

Não é apenas nos produtos que a empresa capricha. O atendimento é totalmente customizado e focado em suas necessidades. Como a sua revenda será levada em consideração, de maneira completa, é possível fazer pedidos adequados para cada cenário. No fim, é um excelente modo de obter a experiência desejada, que pode alavancar o seu mercado.

Relacionamento a longo prazo

A boa experiência de atendimento e o foco no seu negócio confere à nossa organização a capacidade de se relacionar com seus parceiros a longo prazo. Isso significa que você poderá contar com serviço flexível, produtos de qualidade e boa parceria, para manter o seu empreendimento sempre em dia.

Referência no mercado

Adquirir os produtos da nossa empresa para depois aproveitar em sua revenda significa comprar EPIs que são referência no mercado. Isso aumenta o seu poder de convencimento com os clientes, transmite mais segurança e permite até negociar valores mais interessantes para os seus números.

Entenda por que é fundamental caprichar no layout da loja de EPI

Caprichar no layout da loja de EPI é fundamental para fazer com que sua empresa se destaque no ramo de atuação. Isso porque, ao organizar todos os itens na loja corretamente, conseguirá chamar a atenção dos consumidores para adquirir os produtos ofertados em seu estabelecimento. Esse layout deve ser caprichado desde a fachada do negócio até a parte interna do seu empreendimento. 

Veja dicas de layout de loja de EPI

Agora que você já sabe a importância de caprichar no layout da loja de EPI, é fundamental entender como colocar em prática algumas dicas fundamentais para o sucesso do seu negócio. Para ajudá-lo nesse processo, preparamos os tópicos a seguir. Continue a leitura!  

Conheça os tipos de layout

Existe o layout de caminho forçado, que tem o objetivo de direcionar o consumidor para uma determinada rota. Já o layout de grade faz com que o consumidor se mova rapidamente entre as áreas do estabelecimento. Ele também pode ser feito em formato loop, que posiciona os expositores por meio de caminhos, que o levam da porta de entrada ao caixa. 

Organize estrategicamente os produtos

Para organizar os produtos de forma estratégica, é preciso que você disponha determinado item ao lado de outro que seja complementar. Por exemplo, poderá colocar à venda a máscara de solda junto com os óculos de proteção. Assim, o cliente poderá comprar os dois produtos de uma única vez. 

Divida os setores de forma funcional

Muitos clientes preferem escolher os produtos sem ter um vendedor de lado. Por isso, é fundamental posicionar os itens de forma funcional, como por meio de categorias. Dessa forma, ficará mais fácil da pessoa achar o que procura. 

Dê destaque aos produtos certos

Para destacar os produtos certos é preciso pensar naquele item que é o mais procurado pelos consumidores, ou seja, o que mais chama a atenção do seu público-alvo. Ao fazer isso, ficará mais fácil atrair cada vez mais pessoas para fazer outras compras em sua loja. 

Atente-se aos espaços de circulação

Os espaços de circulação também precisam ser planejados corretamente, a fim de que o ambiente não fique muito apertado, dificultando a visualização dos produtos e a locomoção das pessoas no estabelecimento. Por isso, é preciso ter uma visão ampliada sobre esse processo estratégico, de forma que não prejudique as vendas. 

Essas orientações são muito importantes para obter melhores resultados na venda de EPIs. Então, estime seus gastos, conheça seus consumidores, ofereça equipamentos de qualidade e pense sempre na segurança na hora de vender essas ferramentas.

Além disso, não se esqueça de mudar o layout da loja de EPI de tempos em tempos. Essa ação é necessária para sempre inovar no seu processo de vendas e de atração dos consumidores. Tudo que é novidade encanta e desperta o interesse das pessoas. Entretanto, para isso, é fundamental entender bem o perfil do seu público-alvo e as suas necessidades. Assim, você conseguirá sempre inovar e se destacar da concorrência. 

Que tal conhecer todos os produtos disponíveis? Não perca tempo! Faça uma visita ao nosso site e solicite um atendimento!

Inscreva-se em nossa Newsletter

Cadastre-se para receber notícias sobre Segurança e Saúde no Trabalho.
É GRÁTIS!

Mais Posts