Como fazer uma prevenção de acidentes eficiente? Confira!

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Que tal ouvir esse artigo? Experimente no player abaixo.


É indispensável que uma empresa tome todas as medidas necessárias como forma de garantir a saúde, a segurança e a integridade física dos seus colaboradores. Para isso, é preciso implementar estratégias de prevenção de acidentes eficientes tendo em vista se tratar de um conjunto de ações com a finalidade de evitar a ocorrência de acidentes dentro do ambiente de trabalho e, consequentemente, de reduzir os afastamentos dos integrantes da equipe, a queda de produtividade, os eventuais impactos financeiros, entre outros problemas.

Contudo, como implementar boas práticas de prevenção de acidentes? Leia este conteúdo e descubra agora mesmo com as dicas que preparamos!

Realize o mapeamento dos riscos

Para promover um ambiente laboral seguro para os profissionais, é necessário conhecer, primeiramente, quais são os riscos aos quais eles estão expostos durante a rotina de trabalho. Também é preciso fazer a Análise Preliminar de Risco (APR), que se trata de uma técnica que busca prevenir os acidentes por meio da antecipação desses riscos.

A partir dessa avaliação, é possível desenvolver condições para impedir a ocorrência dos acidentes de trabalho, bem como orientar adequadamente os trabalhadores, gerando mais segurança.

Forneça os equipamentos de segurança adequados

É indispensável disponibilizar a todos os funcionários os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) como forma de minimizar e de prevenir os acidentes no local de trabalho. Entre os mais utilizados, estão as luvas, as máscaras, os capacetes, os óculos, os aventais, os mangotes, os protetores auriculares, as botas, entre outros. Além de promover a segurança dos funcionários, conceder esses itens é essencial para impedir a aplicação de penalidades por descumprimento das normas reguladoras que versam sobre o assunto.

Cuide da ergonomia

Os cuidados em relação à ergonomia estão previstos pela NR 17. Ao oferecer um ambiente seguro e confortável para os profissionais, além da prevenção de acidentes, ocorrem o aumento da produtividade e a redução de prejuízos econômicos e sociais. Entre as medidas a serem tomadas, estão:

  • a disponibilização dos EPIs de acordo com a função exercida;
  • a adaptação do mobiliário para que o colaborador fique em uma boa postura durante a realização das atividades;
  • o incentivo às pausas para o alongamento;
  • a realização de tarefas que fortaleçam a musculatura etc.

Fiscalize os funcionários

É muito importante que a fiscalização esteja em dia, com o intuito de verificar se os trabalhadores estão cumprindo adequadamente as normas de segurança. Os programas que contribuem para esse processo são:

  • PGR: o Programa de Gerenciamento de Riscos tem o objetivo de antecipar, reconhecer, avaliar e, consequentemente, controlar a ocorrência de riscos ambientais no ambiente de trabalho;
  • PCMSO: o Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional visa a assegurar o mapeamento, a prevenção e o diagnóstico dos danos à saúde dos colaboradores;
  • PCMAT: o Programa de Condições e Meio Ambiente de Trabalho na indústria da construção tem o objetivo de estabelecer medidas preventivas de segurança ao meio ambiente na área.

Desenvolva ações de saúde e de qualidade de vida

As condições de trabalho devem ser adaptadas às características psicológicas e fisiológicas dos membros da equipe de acordo com a NR 17 e, então, propiciar o máximo de segurança e conforto possível. Uma forma de fazer isso é por meio da criação de práticas que aumentam o bem-estar e geram a prevenção de acidentes, levando em conta que um trabalhador sob estresse, por exemplo, pode desencadear alguns sintomas, como ansiedade ou cansaço, descuidar-se e sofrer um acidente.

É importante ressaltar que, nesse caso, não estamos falando somente de prevenir acidentes, mas de impedir o desenvolvimento de doenças ocupacionais. Isso pode ser feito por meio de:

  • grupos de cuidados para doenças crônicas, como obesidade, diabetes e hipertensão;
  • ginástica laboral;
  • reeducação alimentar;
  • consultas com um psicólogo;
  • palestras de educação em saúde e demais ações.

Ofereça um treinamento adequado de segurança

Outro ponto importante é que as organizações ofereçam treinamentos de segurança para os seus colaboradores. Dessa forma, é garantido que todos os aspectos de prevenção para assegurar um ambiente laboral saudável e seguro estão sendo respeitados, evitando o surgimento de doenças e acidentes.

É necessário que esse treinamento disponibilize informações claras e objetivas a respeito de como utilizar os EPIs e os EPCs. Também é preciso informar como a equipe deve reagir em situações de emergência. Ademais, é preciso que ele seja realizado de forma específica, conforme a função exercida pelos trabalhadores.

O ideal é que esse processo seja feito antes mesmo de os funcionários começarem a exercer as suas atividades e que se estenda no decorrer do tempo como forma de aperfeiçoamento e de atualização dos métodos de segurança, tendo em vista que alterações de função ou a aquisição de um novo equipamento de trabalho podem acontecer.

Conscientize a equipe

É imprescindível conscientizar os profissionais quanto à necessidade de colocar as ações desenvolvidas em prática para o alcance de resultados positivos no que tange à prevenção de acidentes. Por meio de palestras, alertas de segurança, cartazes ilustrativos e demais meios, a organização consegue ensinar os colaboradores quais são os riscos aos quais eles estão expostos e por que todo cuidado é fundamental.

Essa é uma medida relevante e que vai contribuir para o alcance da mobilização de todos os integrantes na busca pela redução de acidentes. Outra opção é promover encontros entre a equipe de segurança do trabalho, com médicos, técnicos em enfermagem e demais, para fortalecer essa conscientização e a educação, transformando-as em grandes aliadas nesse processo de prevenção.

Por fim, é preciso salientar que os profissionais estão sujeitos a imprevistos diferentes. Sendo assim, também é necessário atuar de maneira mais individualizada, já que as ações empregadas precisam ser aproveitadas por todos, mas é importante analisar e apontar os riscos de cada função.

Agora que você entende o que é a prevenção de acidentes e a sua importância na organização, uma boa ideia é colocar as dicas apresentadas em prática e, dessa forma, garantir um ambiente de trabalho mais seguro e que proporcione saúde, bem-estar e integridade física para os colaboradores, evitando muitos problemas no futuro. Além disso, é necessário contar com uma boa parceira, como a Volk do Brasil, que desenvolve e comercializa produtos de alta qualidade, certificados pelas mais rigorosas normas de segurança, para assegurar o pleno funcionamento da empresa e a produtividade do quadro de pessoal.

Quer conhecer as soluções oferecidas pela Volk do Brasil e os seus diferenciais? Então, entre em contato agora mesmo!

Inscreva-se em nossa Newsletter

Cadastre-se para receber notícias sobre Segurança e Saúde no Trabalho.
É GRÁTIS!

Mais Posts