Como garantir a segurança do trabalho em home office? Saiba!

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Que tal ouvir este artigo? Experimente no player abaixo.


Implementar boas práticas para manter a segurança do trabalho em home office deve ser uma preocupação das empresas. Isso porque, se trata de um modelo de atuação profissional muito utilizado em tempo de pandemia. Nesse caso, os colaboradores estão sujeitos às mesmas regras do trabalho de forma presencial, e os assuntos relacionados à saúde, integridade física e demais obrigações também se mantém.

Mas, como adequar as ações de segurança do trabalho da organização à essa realidade e, assim, garantir que os funcionários fiquem seguros mesmo trabalhando em casa? Continue a sua leitura e veja as informações que separamos!

Elabore uma política de trabalho remoto

É preciso criar uma política de trabalho remoto com a identificação dos colaboradores e a indicação dos impactos jurídicos, da saúde e segurança aplicáveis a cada função.

Nesse cenário, medidas devem levar em conta não apenas os riscos de contaminação e disseminação da Covid-19, mas também os riscos de doenças e acidentes de trabalho que podem surgir pela falta de um ambiente físico estruturado e mobiliários adequados para a execução das tarefas.

Por exemplo, existem algumas organizações que já desenvolveram a prática de custear os equipamentos essenciais para o trabalho, como luminária, mesa, cadeira, ente outros.

Planeje as ações

Outra questão importante é que a empresa implemente mecanismos que possibilitem um acompanhamento efetivo do dia a dia do trabalho remoto de cada profissional, mas sem invadir a sua privacidade.

Uma opção é a realização de diálogos periódicos entre os gestores e colaboradores para o desenvolvimento de pesquisas internas, bem como reiterar as ações que devem ser observados durante o trabalho remoto e receber feedbacks a respeito dos principais obstáculos enfrentados, sugestões de melhoria nesse modelo, entre outras informações relevantes.

Não há dúvidas da necessidade de um bom planejamento de trabalho nesse caso, que possa avaliar a viabilidade da adoção das práticas desenvolvidas, e que possam acordar metas, prazos e maneiras de comunicação. Também é preciso deixar claro que o home office é somente uma alteração de ambiente e todos os direitos e deveres trabalhistas são mantidos de forma integral de acordo com a legislação trabalhista e previdenciária em vigor.

Realize um acompanhamento efetivo

Outro ponto a ser considerado é a realização de um acompanhamento frequente do funcionário, orientando para que ele faça constantemente um checklist do mobiliário usado no home office e uma autoavaliação da sua postura durante o exercício da função. Dessa forma, será possível visualizar a maneira como ele está atuando e detectar sintomas de estresse, dores etc.

Promova o cuidado com a higienização

Outro processo muito importante é a empresa explicar aos trabalhadores que eles devem está ligados aos cuidados para manter seu local de trabalho organizado, higienizado, reduzindo os problemas de saúde, falhas ou, até mesmo, um ambiente inapropriado em casos de reuniões virtuais.

Mantenha uma comunicação efetiva

Com o avanço da tecnologia, as companhias podem adotar diversas ferramentas de comunicação, sendo de sua responsabilidade manter os funcionários informados a respeito da pandemia, das principais mudanças ocorridas na organização, das adequações propostas e demais situações relativas ao momento atual.

Além disso, é necessário que os integrantes da equipe tenham o entendimento de que a empresa compreende o sentimento pelo qual todos estão vivenciando nesse período difícil, e que continuará criando ações para promover a segurança e saúde tanto física quando mental no ambiente deles.

Garanta o bem-estar físico

As organizações precisam criar estratégias para garantir o bem-estar dos funcionários, adequando as atividades presenciais e disponibilizando até exercícios de ginástica laboral, com a finalidade de contribuir para a saúde dentro do ambiente de trabalho home office.

Também, é possível desenvolver programas online promovendo sessões de atividades físicas, yoga, meditação, dicas de alimentação, auxílio psicológico, entre outros. Outra alternativa é a organização de happy hours online onde os próprios trabalhadores podem apresentar seus dons artísticos, seja cantar ou tocar um instrumento, por exemplo, e gerar interações entre todos.

As lives podem ser usadas para apresentar resultados, esclarecer dúvidas, alinhar metas e, também, reconhecer os esforços dos integrantes do time.

Cuide da ergonomia

Outro ponto a ser considerado é que a empresa tenha suporte de profissionais qualificados para adaptar a ergonomia, proporcionando saúde e conforto no home office. Afinal, cuidados básicos contribuem de forma significativa para que a rotina de trabalho não cause nenhum tipo de dano.

É preciso ter em mente a necessidade de indicar as melhores condições para resguardar a qualidade de vida dos trabalhadores, como o melhor tipo de inclinação da cadeira para não comprometer a coluna, apoios dos pulsos e dos pés, dicas para o manuseio adequado do computador, distância ideal entre os olhos e a tela do dispositivo etc.

Disponibilize treinamento para home office

Mesmo em home office, a companhia não pode deixar de oferecer os treinamentos, principalmente porque, nessa situação, muitas vezes os colaboradores não vão entender muito bem como agir.

Apesar do home office proporcionar mais conforto ao profissional, tendo em vista que ele não vai precisar pegar trânsito e demais situações estressantes do dia a dia, ele terá que lidar com as especificidades do ambiente doméstico, como barulhos, iluminação e demais aspectos que podem impactar diretamente na execução das atividades e influenciar no resultado final.

Sendo assim, os treinamentos podem ser usados para orientar sobre como evitar acidentes de trabalho, mostrar como é possível estabelecer uma rotina de tarefas capaz de tornar essa experiência produtiva e saudável para o trabalhador, e demais práticas para estabelecer a segurança do trabalho em home office.

Os cursos oferecidos devem ser frequentes e direcionados, bem como inserir os horários de atividades, organização, vestuário, melhor local da residência para a realização das atividades e todos os demais fatores que entender ser interessante.

Essas são algumas dicas simples de como promover a segurança do trabalho em home office, mas que são fundamentais para a garantir da saúde, segurança e integridade física dos trabalhadores. Além disso, essa preocupação vai fazer com que os colaboradores se sintam mais valorizados e motivados, influenciando em um aumento de produtividade e alcance de melhores resultados.

Achou este conteúdo útil? Então, aproveite para seguir nossas redes sociais e ficar por dentro de publicações a respeito de outros temas relevantes. Estamos no Facebook, Instagram e LinkedIn!

Inscreva-se em nossa Newsletter

Cadastre-se para receber notícias sobre Segurança e Saúde no Trabalho.
É GRÁTIS!

Mais Posts