7 perguntas que você precisa fazer para um fornecedor de EPI

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Para aprender a escolher os melhores fornecedores de EPI, é preciso levar em consideração uma série de fatores, tais como o custo-benefício, as recomendações do mercado, a conformidade com as normas legais, entre outros. Se você não quer errar na escolha, existem alguns pontos que devem ser observados.

Um dos pontos que garantem o sucesso de quem deseja montar uma loja de equipamentos de proteção individual certamente é contar com fornecedores de confiança, que demonstrem responsabilidade social e que trabalhem com produtos de alta qualidade, adequados às normas estabelecidas pelos órgãos reguladores.

Para que você não tenha problemas, neste artigo selecionamos 7 perguntas que você deve fazer ao procurar um bom fornecedor de EPI. Acompanhe a leitura!

1. Com quais marcas você trabalha?

No mercado, há uma grande variação de marcas de EPIs, que diferem também em qualidade. Assim, é importante observar com quais marcas o fornecedor trabalha, pois, ao firmar parcerias com marcas consolidadas e recomendadas no mercado, o distribuidor poderá fornecer a você, cliente, as melhores condições de pagamento e de ofertas em produtos de alto nível.

2. Quais produtos são comercializados na sua empresa?

Outra pergunta importante a ser feita ao fornecedor é referente a quais produtos ele oferece em sua empresa. Isso porque você precisa saber se esse fornecedor será capaz de suprir suas necessidades e demandas em casos de emergência ou de falta de EPI, por exemplo.

Se você precisar de certa quantidade de luvas, máscaras ou outro tipo de equipamento em um curto espaço de tempo, esse fornecedor será capaz de atender à demanda? Ou pedirá um prazo maior para fazer a encomenda do pedido, deixando seus funcionários desprotegidos? Tudo isso deve ser levado em consideração.

3. Você prioriza a qualidade dos produtos?

Essa pode ser uma pergunta um pouco estranha, mas ela é totalmente necessária na hora de investigar se o fornecedor de EPI é realmente bom. Pode ser que ele escolha trabalhar com produtos mais em conta, cuja qualidade é compatível com o preço, deixando a desejar.

Imagine comprar um estoque de máscaras que se arrebentam com facilidade, capacetes que não protegem bem o suficiente ou botas cujo solado se descola com poucos meses de uso. Decepcionante, não é mesmo? Por isso, é fundamental desde já perguntar ao fornecedor se a qualidade dos produtos é uma prioridade para ele, mesmo que seja necessário investir um pouco mais.

4. Sua empresa atende às normas legais?

As normas regulamentadoras estão sempre sendo atualizadas, e as empresas precisam acompanhar as constantes mudanças na área de segurança do trabalho, a fim de oferecer os melhores serviços aos clientes.

Portanto, outra pergunta importante a ser feita aos fornecedores de EPI é se a empresa atende às normas legais e se os produtos oferecidos pela distribuidora têm o Certificado de Aprovação, que atesta ao consumidor que o EPI foi testado e aprovado por um laboratório autorizado.

Esse certificado não só tem grande importância para os fabricantes, distribuidores e revendas de EPI, como também para os empregadores e os funcionários.

5. Por que os seus EPIs têm o melhor custo-benefício?

Essa pergunta pode ser decisiva na hora de averiguar a qualidade do fornecedor de EPI: afinal, por que seus produtos têm o melhor custo-benefício? Nesse momento, você vai contar com toda a expertise do fornecedor para apresentar o item e todas as especificações.

É fundamental avaliar não só o preço dos equipamentos de proteção individual, mas também sua qualidade, durabilidade e resistência. Além disso, para ter um bom custo-benefício, o produto deve aliar um bom preço e condições de pagamento favoráveis à qualidade, conformidade com as normas e apresentação do Certificado de Aprovação, garantindo a segurança na hora da compra.

6. Como funciona a entrega?

Após considerar todos os fatores e sanar todas as dúvidas anteriores, é importante saber também como funciona o processo logístico da empresa antes de fechar o negócio com seu fornecedor de EPI.

Não se esqueça de checar os prazos de entrega para confirmar se tal fornecedor atende às expectativas e necessidades da sua empresa. Afinal, certos equipamentos de proteção individual têm alta rotatividade e precisam ser repostos com maior frequência. Por isso, é fundamental que os produtos cheguem dentro do prazo, além de serem bem-acondicionados.

7. Os produtos têm garantia?

Por fim, outra questão essencial para perguntar ao seu fornecedor de EPI é se os produtos oferecidos têm garantia. No entanto, primeiramente, é preciso estabelecer a diferença entre o tempo de garantia, o prazo de validade do CA e o prazo de validade do EPI.

O tempo de garantia é determinado pelo fabricante, uma vez que está relacionado à data de fabricação do equipamento de proteção. Pode haver até um ano de garantia contra defeitos de fábrica, dependendo do produto e de sua função.

Já o prazo de validade do CA é de 5 anos. Por outro lado, o prazo de validade do EPI também é determinado pelo fabricante, conforme o tempo estimado em que ele pode ser utilizado no seu ambiente de destino sem comprometer a proteção.

Como você pôde ver neste artigo, há diversas perguntas que podem e devem ser feitas ao fornecedor de EPI para que se possa ter segurança na hora de comprar os equipamentos de proteção individual que serão utilizados pela equipe de trabalho.

Além disso, conhecer a fundo todos os critérios que devem ser observados na hora de fechar negócio com distribuidores ajuda você a reduzir os riscos e a obter negociações melhores, com mais clareza e segurança para ambas as partes.

Melhor do que isso é poder confiar de olhos fechados em uma das principais fornecedoras de EPI do país: a Volk do Brasil. Especializada no ramo de equipamentos de proteção individual, cujo foco é a qualidade, a tecnologia e o respeito ao meio ambiente, atua no país há mais de 20 anos, fornecendo EPIs de alto nível e com garantia de segurança e proteção.

Quer descobrir como a Volk do Brasil pode auxiliar a sua empresa? Então, entre em contato conosco e faça já um orçamento!

Inscreva-se em nossa Newsletter

Cadastre-se para receber notícias sobre Segurança e Saúde no Trabalho.
É GRÁTIS!

Mais Posts