Como montar uma loja de EPI: 8 dicas para você ter sucesso!

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Você sabe como montar uma loja de EPI? Essa tem sido uma aposta de vários empreendedores, considerando ser um ramo que tem apresentado uma expansão relevante no mercado, por se tratar de um negócio com foco em vender produtos para garantir a saúde e a integridade física do trabalhador.

Esse é um assunto cada vez mais fortalecido dentro das políticas das organizações, além de a concessão da empresa dos Equipamentos de Proteção Individual aos funcionários ser uma obrigação prevista na NR 6 do MTE. Isso faz com que a loja tenha um vasto rol de clientes, como hospitais, laboratórios, construtoras, indústrias, entre outros.

No entanto, você sabe quais aspectos devem ser observados ao abrir esse tipo de estabelecimento para assegurar bons resultados? Leia este conteúdo e descubra!

Quais as vantagens de investir nesse setor?

A demanda por EPIs tem aumentado de maneira considerável por vários motivos, por exemplo, a conscientização dos empregadores quanto à prevenção dos riscos de acidentes e doenças no ambiente laboral, a rigidez da fiscalização, o número de acidentes de trabalho, entre outros, que se tornaram elementos de motivação a mais para a compra desses itens.

Isso eleva bastante as chances do alcance de uma boa margem de faturamento e do sucesso do negócio, mas, para isso, é importante identificar se esse segmento é uma boa oportunidade de empreendimento na região, além de elaborar um planejamento estratégico eficiente para que o investimento tenha o retorno esperado.

Como montar uma loja de EPI?

Existem algumas práticas que devem ser adotadas no momento de montar a loja de EPI, assim, elevando as possibilidades de êxito. Veja as principais!

1. Defina o seu público-alvo

Para disponibilizar produtos e serviços que realmente atendam às necessidades dos clientes, é importante conhecer bem o público-alvo e os seus hábitos de consumo. Após, tente se aproximar dessas pessoas por meio da realização de uma pesquisa efetiva no mercado para entender o que os clientes buscam e ter à disposição os principais equipamentos de segurança das áreas.

2. Cuide da estética e da localização do estabelecimento

Verifique se o espaço físico escolhido é apropriado para atender aos clientes e também veja se está localizado em um lugar que tenha um bom fluxo de pessoas. O ideal é que os clientes tenham um fácil acesso à loja, de preferência com estacionamento ou próximo de pontos de transporte coletivo.

Além disso, o ambiente precisa ser limpo, organizado e com todos os aspectos possíveis para promover o conforto necessário para diferenciar o negócio dos concorrentes.

3. Conte com fornecedores de qualidade

É essencial que os EPIs adquiridos tenham a qualidade ideal para proteger os colaboradores de acidentes e doenças do trabalho. Por esse motivo, ao montar a sua loja, realize uma pesquisa minuciosa a respeito dos fabricantes disponíveis.

Você deve escolher aqueles que sejam reconhecidos por órgãos, como a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), já que os dispositivos precisam ser resistentes e eficazes para cumprir a sua finalidade, que é proporcionar segurança aos trabalhadores que exercem funções de risco. Quando essa qualidade é colocada em evidência, é possível se destacar no mercado pelos seguintes aspectos:

  • garantia de padrão de qualidade;
  • adequação às normas desenvolvidas pelos órgãos reguladores;
  • responsabilidade social, entre outros.

4. Tenha um atendimento diferenciado

Depois de assegurar que os EPIs apresentam a qualidade ideal, é a hora de se preocupar com o nível de atendimento. A sua loja precisa ter um suporte inicial rápido e contar com vendedores que entendam do assunto e sejam capazes de fazer uma abordagem personalizada.

Sendo assim, é importante que esse atendimento seja customizado e com foco em oferecer a solução ideal para a demanda dos clientes. Essa também é uma ótima ação para conquistar e fidelizar os consumidores e, consequentemente, ocupar um lugar de destaque no mercado.

5. Conheça os concorrentes

Outra dica é entender o que os seus concorrentes oferecem para o público-alvo. Isso vai colaborar para a identificação de quais marcas estão sendo mais evidentes no ramo, por exemplo. Ao avaliar os pontos positivos da concorrência e as suas estratégias de venda, fica mais fácil se planejar e melhorar os serviços e produtos disponibilizados, o que vai tornar a sua loja mais competitiva.

6. Pense no pós-venda

Tenha em mente que o suporte oferecido no pós-venda também é responsável pelos impactos que o seu negócio terá. Sendo assim, esteja disponível para esclarecer dúvidas em relação ao uso do item, solucionar problemas, entre outros. Além disso, você pode encaminhar mensagens para saber o que o cliente achou do produto, se há sugestões de pontos de melhorias e demais critérios que podem contribuir para a formação de uma parceria duradoura.

7. Conheça bem os seus produtos

É muito comum surgirem dúvidas nos clientes ao comprarem os produtos, e é importante que você os conheça bem para esclarecê-las com exatidão, além de explicar como os itens devem ser usados. É preciso ressaltar que você vai trabalhar com vários equipamentos e marcas, por exemplo:

8. Faça a divulgação da loja

A divulgação é um passo importante para o sucesso no negócio, tendo em vista que, por meio dela, as pessoas vão conhecer a loja e os serviços oferecidos. Com o avanço da tecnologia, diversas opções de divulgação por meio da internet podem ser utilizadas, como Facebook, Instagram e mais. Nesse caso, o interessante é identificar as mais utilizadas pelo seu público-alvo e, dessa forma, criar uma presença constante e efetiva.

Alternativas também são: colocar letreiros que chamem a atenção dos clientes no estabelecimento; confeccionar panfletos e folders; realizar sorteios e promoções e outras práticas capazes de agradar aos consumidores, afinal, se eles tiverem uma boa impressão da loja, além de se tornarem clientes fiéis, também a indicarão para pessoas próximas, aumentando as chances de sucesso.

Agora que você já sabe como montar uma loja de EPI, aproveite para colocar as dicas apresentadas em prática ao iniciar o seu negócio e, dessa forma, aumentar as chances de oferecer um serviço de qualidade, competitivo e que possa ser uma referência no mercado.

Gostou das nossas dicas? Deixe o seu comentário aqui e compartilhe a sua opinião sobre o assunto!

Inscreva-se em nossa Newsletter

Cadastre-se para receber notícias sobre Segurança e Saúde no Trabalho.
É GRÁTIS!

Mais Posts